Interiores Queen Elizabeth

|

O Queen Elizabeth 2, está oficialmente nas mãos da Cunard lines. Foi realizada uma cerimonia no estaleiro da Fincantieri Monfalcon com os mais altos elementos da Cunard e do Estaleiro Italiano. A Apresentação oficial do navio, acontece no próximo dia 11, de Outubro em Inglaterra mais precisamente em Southampton.
Relembro que este navio mede 292 metros de comprimento, pesa 92000 toneladas, e consegue transportar até 2100 passageiros.

Desenvolvimento: Jorge Ferreira  Foto Cunard 

















































































































Interiores do Empress

|




Imagens (©) Copyright Rui Agostinho, Lisboa.

Estréias 2010/2011: Le Boreal e AIDA Cara.

|

Le Boreal em Kotor, Montenegro.
 Duas novidades para a temporada: uma alemã, e outra francesa, AIDA Cara e Le Boreal. Recém inaugurado, o Le Boreal, é classificado como um navio de porte pequeno. Entregue em Maio deste ano á Compagnie des Illes du Ponant, o Le Boreal fará sua primeira temporada de Inverno no Brasil, e fará escala em Santos no dia 18 de Novembro de 2010. O Le Boreal é considerado um navio Premium, ele é quase um yacht, com capacidade para 264 passageiros, que são atendidos por  140 tripulantes, o que dá ao navio, uma média de 1.5 passageiros para cada tripulante, o que é uma das melhores médias do mercado, e uma marca de sua companhia, que opera atualmente uma frota de quatro navios de pequeno porte, e é parte do grupo francês CMA CGM. O navio, tem registro nas Ilhas Wallis & Fortuna, e algo em otrno de 10.000 toneladas. Este navio, é um dos mais novos a fazer escala em Santos, quando aportar por aqui ele terá algo em torno de 6 meses.
Le Boreal em Amsterdam
Ele é o primeiro de 2 navios idênticos encomendados ao Estaleiro Ficantieri da Itália pela francêsa CMA CGM á sua subsidiaria de cruzeiros Compagnie de Ponant, o outro navio, L'Austral será entregue ano que vêm. Curiosamente, os nomes dos navios fazem referência aos pontos cardeais Norte (Boreal) e Sul (Austral), porém, o navio que virá ao hemisfério sul é justo o que faz referência ao norte. Esta será a segunda vez que um navio desta companhia vem a Santos, há alguns anos atrás, o Le Diamant, já havia feito escala em Santos, enquanto se dirigia para uma temporada na Antartica. O mesmo acontecerá com o Le Boreal, ele passa por Santos e Rio de Janeiro, seguindo ao Sul, para poder dar ínicio a sua temporada na Antartica e Patagônia.

AIDA Cara no Funchal.
Já a AIDA impulsionada pelo escolha do Brasil como sede da Copa do Mundo de 2014, e das oLimpiadas de 2016 resolveu apostar no mercado brasileiro de cruzeiros, ainda que com cruzeiros voltados apenas para o público germânico. A escolha da AIDA, deve se também, por causa da força, e da estrutura que o grupo Costa (do qual a AIDA faz parte) já tem na região, tornando mais fácil a operação de seus navios. Para a primeira temporada (e a segunda também) da empresa no país foi escolhido o AIDA Cara, o menor e mais antigo navio de sua frota. Ele operará alguns crueiros na América do Sul, e alternará entre viagens de ida e volta a Santos, e ida e volta a Buenos Aires, também com alguns entre estas cidades e é claro os transatlânticos desde a Europa. Ele chegará em Santos no dia 5 de Dezembro, um dia em que haverão outros navios no porto, mas ele com certeza não passará despercebido. Inconfundível, o AIDA Cara é o primeiro navio a ostentar a boca vermelha, e os olhos maquiados, que hoje são símbolo da AIDA.
AIDA Cara em Lisboa.
Com 38.557 toneladas, o AIDA Cara é considerado um navio de médio porte, e de padrão comum (ou seja, não é nem um navio resort, nem um yacht luxuoso), classificado pelo Guia Berlitz 2010 com 1,367 pontos, o que lhe faz ostentar 3+ estrelas. o que lhe deixa na 22ª colocação. Construído em 1996, e com resgitro na Itália pode acomodar até 1,339 passageiros, em seus 193 metros de comprimento, e 27 de largura. Além da estréia, o AIDA Cara tem previstas mais 6 escalas em Santos, porém, em todas ele deixará a cidade somente após as 22h. Isto porque serão organizadas excursões a São Paulo, e até mesmo em Santos e região que necessitam de mais tempo, fazendo com que o navio precise ficar mais tempo no porto.
Enquanto procurava fotos para esta matéria, curiosamente encontrei esta, um encontro de Splendour of the Seas, AIDA Cara e Costa Serena no Funchal. Encontro este que poderá se repetir por aqui. 
Imagens (©) Copyright Zoran Nikolic (Kotor), Joop Sponselee (Amsterdam), Sergio Ferrira (Funchal) e Ricardo Martins ou Rui Agostinho (Lisboa).
Texto Adaptado(©) Copyright Daniel Capella.

Porto de Paranaguá quer ser escala de cruzeiros marítimos

|

O Veendam foi o último navio a estar em Paranaguá, em Março.
O Porto de Paranaguá poderá entrar de vez na rota dos navios de turismo. Isto porque a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) está trabalhando para que o Porto de Paranaguá atenda às exigências das grandes operadoras , fazendo com que a cidade possa a ser escala de cruzeiros marítimos.

Na semana passada, o superintendente dos Portos do Paraná, Mário Lobo Filho, recebeu a visita do gerente de operações da MSC Cruzeiros, Antônio Duarte. Ele veio a Paranaguá para fazer um levantamento técnico das condições do porto. A visita é a segunda etapa do projeto de recepção de navios de cruzeiros, coordenado pela diretoria empresarial da Appa e que teve início há um mês, quando representantes dos portos paranaenses e o superintendente da Appa estiveram em Santos para visitar a MSC e propor o Porto de Paranaguá como alternativa para a escala de navios de cruzeiro.

“Pelo que percebemos, o porto de Paranaguá atende as exigências técnicas para receber um de nossos navios. Fora isso, temos aqui um elemento muito importante que é a vontade da administração em receber os cruzeiros e isso conta bastante”, disse Duarte. 

“A administração dos portos fará o que for preciso para atender as demandas exigidas para recepcionar navios de passageiros. Esta é uma vontade antiga porque a atração destes navios fomenta o turismo e isso se reverte em benefícios diretos para a cidade de Paranaguá”, afirmou Lobo Filho.

INTEGRAÇÃO - Vencida a etapa de qualificação técnica, Duarte explicou que é necessário medir o apelo turístico da cidade e da região do entorno do Porto. Para isso, a Appa fará uma parceria com a Secretaria Estadual de Turismo do Paraná e a Fundação Municipal de Turismo com o objetivo de apresentar à empresa as alternativas de turismo da região.

“É imprescindível a participação de vários segmentos neste projeto. A inclusão de Paranaguá na rota dos cruzeiros aumentará o turismo em todo o estado, trazendo benefícios e promovendo o Paraná em diversos países”, disse o diretor empresarial da Appa, João Batista Lopes dos Santos.

Ele lembrou que os atrativos turísticos de Paranaguá são inúmeros e suficiente para atrair turistas. “Temos a Ilha do Mel, o centro histórico de Paranaguá, estamos próximos a Morretes e Antonina, sem falar de Curitiba”, disse.


Imagens (©) Copyright Rodrigo Leal /APPA.
Texto Adaptado(©) Copyright Agência de Notícias do Estado do Paraná.

Costa Cruzeiros lidera o mercado Europeu

|

De acordo com os números divulgados  no dia 24 em Bruxelas pelo European Cruise Council (Conselho Europeu de Cruzeiros), durante apresentação oficial da quinta edição do relatório anual do European Cruise Contribution pelo ano de 2009, a Europa vem ocupando lugar de destaque na indústria global de cruzeiros. No ano passado, o mercado de cruzeiros europeu registrou a visita de 4,9 milhões de hóspedes (12,1% a mais que em 2008 e mais de 50% dos últimos 5 anos). Em razão disso, no momento, a Europa representa 30% do total de cruzeiristas que viajam pelo mundo.

Em 2009, o continente também cresceu em termos de embarque e local de destino, com 4,8 milhões de passageiros viajando em navios a partir dos portos europeus (+ 3,2%). De acordo com estimativas, cerca de 24 milhões de turistas visitaram os portos da região (+ 9,4%). Itália e Grécia são os destinos favoritos dos cruzeiristas, representam 20% das visitas ao Continente, seguidas pela Espanha (17%) e França (8%). Conclui-se que os resultados positivos da indústria de cruzeiros europeia em 2009 foi a maior em termos de impacto econômico, repercutindo na criação de 300 mil empregos e gerando investimentos estimados em torno de 34 bilhões de euros (+5,9% comparado a 2008).

Com 1,8 milhões de hóspedes em 2009 e previsão de 2,1 milhões de cruzeiristas para 2010 (cerca de + 17%), a Costa Crociere lidera o setor na Europa devido as marcas Costa Cruzeiros (número 1 na Itália e Europa), AIDA Cruises (líder no mercado de língua alemã) e Ibero Cruzeiros (que opera nos mercados de língua portuguesa e espanhola).

Ao que se refere à Costa Cruzeiros, a marca italiana já é recorde em reservas no verão de 2010, que é maior em torno de 10% em relação a 2009. Mais de 75% dos clientes da Costa Cruzeiros são europeus e a marca é líder na Itália, que, de acordo com o relatório do European Cruise Council, é o país mais importante da Europa para a indústria de cruzeiros, representando 20% das visitas.

A Itália ainda é o país que mais gera benefícios econômicos para a indústria de cruzeiros da Europa. Em 2009, os gastos das linhas de cruzeiros, ancoradouros e hóspedes na Itália somaram 4,3 bilhões de euros, 30% do total de gastos na Europa (14,05 bilhões de euros).

A conclusão do ECC European Cruise Contribution 2009 inclui o impacto da crise econômica mundial, com redução de investimentos em novas construções nos estaleiros da Europa, com perda de 4,6 bilhões de euros (- 13%).
A Costa Crociere tem o maior plano de expansão de qualquer operadora europeia e é o único grupo que está investindo na construção de um novo navio a ser entregue em 2013. A nova embarcação, com capacidade para 2.192 hóspedes, será para a marca AIDA Cruises e está sempre construído pelo Meyer Werft desde agosto deste ano. O novo navio é o único europeu previsto para ser entregue depois de 2012.

Imagens (©) Copyright Costa Cruzeiros.
Texto (©) Copyright Mercados & Eventos.

Crystal Symphony e Seven Seas Mariner deverão estrear em Santos.

|

 A próxima temporada de cruzeiros em Santos será marcada por estréias de navios em trânsito. Ao todo, três embarcações desse tipo farão a primeira escala em Santos. Um desses é o Seven Seas Mariner, que tem escala inaugural prevista para 25 de Fevereiro do ano que vêm. O navio da Regent Seven Seas, não é nvo, nem virá ao Brasil pela primeira vez, ele só não estreou em Santos ainda, porque até então a Regent Seven Seas tinha optado por não fazer escalas na cidade. Fato que será mudado com esta primeira escala do Mariner, que é escala inaugural, não só do navio, mas também da companhia. Nunca antes na história esta empresa tinha feito escala em Santos, nem no estado de São Paulo. Construído em 2001 nos estaleiros Chantiers de l'Atlantique, ao custo de 240 milhões de dólares.
O Seven Seas Mariner é classificado, segundo o Guia Berlitz 2010, como o quarto melhor navio de tamanho médio (600 - 1.600 passageiros) do mundo, com pontuação de 1.695, e classificação 4+ estrelas (só para se ter uma idéia, o Grand Holiday, novidade da Ibero que estreará na próxima temporada, conseguiu 1.134 estrelas, o que lhe vale a classificação de 3 estrelas, e a última colocação entre os navios de grande porte). O Seven Seas Mariner é o maior navio da frota da Regent Seven Seas, com 48.015 toneladas, e capacidade para 752 passageiros em ocupação máxima. Curiosamente, o casco deste navio é exatamente igual ao do Grand Mitral, da Ibero Cruzeiros, mas com design superior e interior completamente diferente. O Seven Seas Mariner é um dos poucos navios da atualidade que não tem um gêmeo.

O Crystal Symphony também está envolvido em algo bem parecido. Não é novo, e é praticamente habituee da costa brasileira. Só não escalou Santos ainda por opção da armadora, a Crystal Cruises. Armadora, que aliás, não confirma a escala. Por isso, esta escala não é confirmada, ainda assim, segundo o Concais, o navio estreará em Santos no mesmo dia 25 que o Seven Seas Mariner. É provável, que a data informada pelo Concais esteja errada, já que em uma simples consulta ao site da companhia, é possível notar que o navio estará, no dia 25 de Fevereiro, navegando entre Turks & Caicos e Miami,a última noite de uma viagem de circunavegação da América do Sul. Portanto, é provável que a escala aconteça alguns dias antes, e há também a possibilidade de que o navio não estreie em Santos. Em todo o caso, o navio tambem é uma unidade extremamente luxuosa, classificado no Guia Berlitz 2010 como o segundo melhor navio de médio porte. Ostenta 5 estrelas, e 1.701 pontos.
Construído em 1995 nos estaleiros Kvaerner Masa Yards da Finlândia (o mesmo de onde saíram navios como o Freedom, o Voyager e seus respectivos gêmeos), ao custo de 300 milhões de dólares. Ele tem 51.044 toneladas, e capacidade para 1.010 passageiros acomodados confortavelmente em 480 cabines. O Crystal Symphony era gêmeo do Crystal Harmony, que agora navega para a japonesa NYK line, com o nome de Asuka II. Apesar da bandeira das Bahamas, o Crystal Symphony também pode ser considerado um navio japonês, já que os escritórios centrais de sua companhia estão localizados neste País asiático.

Imagens (©) Copyright Sergio Ferreira, Funchal (Seven Seas Mariner), Freyzer Andrade, Parintins (Crystal Symphony).
Texto (©) Copyright Daniel Capella.

Costa diminui capacidade na China em 2011.

|

A Costa anunciou recentemente que irá reduzir sua capacidade na China, dos dois navios que atualmente estão por lá, para apenas um, em um esforço para escorar os preços na região, e com o objetivo de introduzir um navio maior na região em 2012.

O Costa Romantica e o Costa Classica operaram na China na atual temporada, e venderam bem,' Embora não com os preços que nós gostariamos, mas os preços estiveram OK', disse Howard Frank, vice presidente da Carnival Corporation & plc.

O Costa Classica voltará a China em 2011, já o Costa Romantica fará temporada no Oceano Índico, e depois voltará para o Mediterrâneo no inverno austral de 2011. O navio que irá a China em 2012 ainda não foi decido. Mas é provável que seja o Costa Victoria, se esse não passar a ser operado pela Ibero.

Estas decisões podem afetar direta ou indiretamente os navios que virão para a América do Sul na temporada 2011/2012, atualmente os navios da Costa que já tem roteiro definido para está época são: Costa Mediterranea, Classica e Deliziosa, portanto, todos os outros são opções para a América do Sul 2011/2012.

Imagens (©) Copyright Daniel Capella.
Texto (©) Copyright Daniel Capella, com informações de Cruise-Comunnity.

Terminal Marítimo de Santos terá dois dias com sete navios na próxima temporada!

|

Na próxima temporada, que já se aproxima, o terminal de passageiros santista poderá ter um número de até sete navios por dia. E isso acontecerá em duas ocasiões: No dia 26 de dezembro quando o terminal receberá os navios Costa Fortuna, Costa Serena, Splendour of the Seas, Vision of the Seas, MSC Opera, MSC Armonia e o navio Insignia. Já no dia 05 de março estarão no terminal os navios Vision e Mariner of the Seas, Grand Mistral, CVC Zenith, CVC Sobenado, MSC Orchestra e Costa Serena. nestas dias, de maior movimento, mais de 20 mil pessoas deverão passar pelo terminal. Deve-se ressaltar ainda que nesta próxima temporada o terminal marítimo de Santos deverá atingir a marca de um milhão de turistas.


Segundo o presidente da Codesp Jose Robert Correia Serra,  essa mudança foi necessária para atender as necessidades do mercado: "Como os pacotes já estavam vendidos nós tivemos que nos adaptar mas isso não quer dizer que vamos colocar sete navios todos os dias", afirmou. Lembrando que na última temporada o limite de transatlânticos no terminal de Santos era de seis navios por dia.  Pelo que se pode notar essa mudança não é definitiva e para a temporada 2011/2012 novas regras  poderão ocorrer. Infelizmente essas restrições se tornam necessárias para o conforto e segurança dos próprios passageiros eis que o movimento de turistas e navios durante a temporada muitas vezes não acompanha a estrututa do porto e do próprio terminal.  

Texto: Silvio F. Brandão
Fonte/ adaptação:  Concais e a Tribuna
Imagens: Copyright Silvio F. Brandão


 

©2013 Design por Ray Câmara