Celebrity Cruises inicia construção do Celebrity Reflection

|

Meyer Werft cuts steel for Celebrity Reflection
São Paulo – 30 de março de 2011 – 0 presidente e CEO da Celebrity Cruises Dan Hanrahan cortou o primeiro pedaço de aço para dar início à construção do quinto navio da classe Solstice, o Celebrity Reflection, no estaleiro Meyer Werft em Papenburg, na Alemanha. O navio, com capacidade para 3.030 hóspedes será inaugurado no segundo semestre de 2012.
Celebrity Silhouette
Celebrity Silhouette em Fevereiro.
Dividindo o mesmo estaleiro e já em fase final de construção está o Celebrity Silhouette, que será inaugurado em julho deste ano, oferecendo estrutura e experiência de alto nível, como o interativo restaurante “Lawn Club Grill”; o “Porch,” com espaço para refeições casuais e ao ar livre, com vista para o mar e para o gramado natural do navio; o “Art Studio,” onde os hóspedes poderão explorar sua veia artística; e o “Hideaway,” um espaço intimista e sossegado que lembra uma casa na árvore. O Celebrity Reflection apresentará, além desses novos espaços, os já famosos diferenciais dos navios da classe Solstice, como um maior número das suítes AquaClass, acomodações inspiradas no conceito de SPA.
AIDA_Sol_Delivery02.jpg
Hoje foi entregue pelo Meyer Werft á AIDA Cruises o novo AIDA Sol, o quinto de sete navios da Shpinx Class. O navio tem 71,000 toneladas, e capacidade para 2,194 passageiros em ocupação dupla. 

Texto (©) Copyright Press Release Royal Caribbean e Daniel Capella (sobre o AIDA Sol).
Imagens (©) Copyright Meyer Werft. 

Bleu de France entrando em Santos hoje de manhã.

|

 Apesar da previsão inicial de chegada às 06 horas, chegou hoje a Santos, às 09h30min o Bleu de France. No momento, ele se encontra atracado no Armazém 23, ao lado do Terminal de Passageiros, encerrando o embarque de 701 passageiros. Infelizmente, o tempo em Santos já estava cinzento, mas no momento da chegada do navio, não chovia, e poucas pessoas acompanharam a entrada do navio.
 Esta é a primeira escala do navio na cidade com esse nome. Antes, ele tinha vindo poucas vezes a Santos, antes de 1999 como Europa, ainda sob serviço da Hapag-Lloyd. Depois, foi transferido para a Star Cruises, e passou a se chamar SuperStar Europe. Ficou na Ásia pela companhia por vários anos, até ser vendido para a Pullmantur. Nessa época se passou a chamar Holiday Dream, e chegou a ser fretado pela CVC para cruzeiros pelo Caribe. Enquanto operava para a companhia espanhola foi um navio pioneiro, ao incluir escalas em Cuba, nos seus roteiros.
 Em 2008 foi transferido para a CDF: Crosisières de France, uma nova subsidiária do grupo Royal Caribbean, operada pela Pullmantur. Passou por uma grande reforma, e teve, pela primeira vez, o casco pintado de azul marinho, além de seu nome mudado para Bleu de France. Nesse mesmo ano passou a operar para o mercado francês, fez cruzeiros na Europa e Caribe com o francês como principal língua a bordo.
 Segundo a Royal Caribbean, a operação foi um sucesso, e o navio seria mantido para o mercado francês, mas desde o começo de 2009, começaram a aparecer especulações sobre uma possível venda do navio. E elas estavam certas. No ano passado, a  Pullmantur confirmou a venda do navio para a Saga Holidays, que irá operar o navio a parir de Março do ano que vêm.
 Nesses últimos meses que restam ao navio pela Pullmantur, ele realizará cruzeiros pelo Brasil, até Maio, e depois pela própria CDF, em roteiros pelo Mediterrâneo até meados de Dezembro. Fará uma temporada no Sudeste do Brasil de algumas semanas, com seis escalas previstas até a primeira quinzena de Abril.
Hoje, tem saída prevista para às 16h30min, rumo a Búzios, no Rio de Janeiro. Fará um mini-cruzeiro de 3 noites com escala também na Praia Privativa da CVC na região de Itaguaí. Volta no dia 1 de Abril, para embarcar para mais um mini-cruzeiro. 

Texto e Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

Nota oficial da MSC sobre o acidente do Opera

|

Nota à imprensa

A MSC Cruzeiros, líder do segmento no Brasil e na América do Sul, informa que durante a saída do MSC Opera, do Porto de Buenos Aires, na sexta-feira, dia 25 de março, às 18:00, o navio colidiu com uma bóia de defensa e parte da lateral do píer em sua manobra.

Após o incidente, o navio permaneceu fundeado no canal de Buenos Aires para vistoria e averiguação técnica das autoridades argentinas. Depois dessa checagem, a embarcação foi liberada para seguir viagem. Devido ao tempo de realização das inspeções, o itinerário sofreu atraso e a escala em Punta Del Este precisou ser cancelada. O MSC Opera seguiu rumo à Ilhabela, onde está atracado hoje, dia 28/03, conforme previsto.

A MSC Cruzeiros reitera que em nenhum momento os danos representaram risco à segurança dos hóspedes e que o navio está em perfeitas condições de navegação. Todas as alterações foram informadas aos hóspedes por meio de comunicado na cabine e também pelo alto-falante do navio.

Atenciosamente,
MSC Cruzeiros

Chega a Santos amanhã o Bleu de France

|

Amanhã escala em Santos pela primeira vez com esse nome o Bleu de France da Croisières de France, e operando pela CVC. O navio já esteve em Santos outras vezes, ainda como Europa, seu nome original, operando para a Hapag-Lloyd, companhia que o construiu em 1981. Considerado um dos mais luxuosos da temporada, o navio chega por volta das 06 horas da manhã. Ele fará alguns mini-cruzeiros com embarque em Santos, e, ao todo, cinco escalas na cidade. A última no dia 13 de Abril, bem antes do inicialmente previsto pela CVC. Embarca manhã 701 passageiros. Ao lado, foto de como o navio ficará quando for transformado em Saga Sapphire, no final desse ano. A principal diferença externa, é a pintura da chaminé do navio de amarelo, e a altura da pintura azul do casco.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagem retirada de Navios no Atlântico.

A semana em escalas em Belém do Pará.

|

O Big Fish Ancorado em frente a Estação das Docas.
O Le Levante entrando no porto ao amanhecer, sob uma chuva leve.
Le Levant ancorado em Belém
Esta semana tivemos 3 visitantes na Baia do Guajará. Primeiro foi o Le Levant que chegou cedo, por volta das 6 horas da manhã do dia 24/03/11, um dia chuvoso e cinzento, que aliado ao horário impossibilitou qualquer foto razoável, mas mesmo assim conseguimos alguma coisa. O Le Levant entrou na Baia em plena baixamar, por isso, apesar do seu pequeno calado e tamanho, o prático foi muito cauteloso e o trouxe bem devagar, nem mesmo fez o retorno em frente ao Ver-o Peso, atracando direto. Ele partiu no dia seguinte. No dia 25 apareceu inesperadamente por esses lados o belo iate Big Fish, que ficou ancorado em frente a Estação das Docas até domingo, dia 27, de manhã cedo, quando seguiu rumo ao Caribe. Na foz do Amazonas, ele encontrou-se com o Veendam, que se aproximava de Belém, trazendo 1300 passageiros. Dezenas de ônibus aguardavam o Veendam desde cedo, e desta vez ele ficou ancorado bem próximo a margem, em frente a icoaraci, facilitando a tomada de fotos. O Veendam partiu às 18 horas com destino a Macapá e depois Manaus.
 Veendam se aproxima de Icoaraci
O Veendam inicia o desembarque dos passageiros através de barcos regionais e dos botes do navio
O Um barco regional, construido em madeira, se aproxima do Veendam para receber os passageiros e transporta-los até Icoaraci, enquanto alguns passageiros observam a partir do deck superior.
Texto e Imagens (©) Copyright Gilmar Nazaré Guedes Leal.

MSC confirma acidente com o Opera

|

Segundo a assessoria de imprensa da companhia, o navio se acidentou ainda no dia 25, enquanto deixava o porto de Buenos Aires, por volta das 18 horas. O navio se chocou com uma das várias bóias de sinalização do canal do Rio da Prata. Não houveram danos graves ao navio, mas por medida de precaução, o mesmo voltou ao ponto de fundeio para que pudessem ser feitas as devidas checagens. Isso ocasionou atraso na saída do navio para Punta Del Este. Esse atraso, aliado a mal tempo em Punta causou o cancelamento da escala na cidade. De Buenos Aires o Opera partiu direto para Ilhabela, onde deve chegar hoje (28/03) por volta das 09 horas.

Segundo a MSC, tudo foi informado aos passageiros pelos jornais de bordo, e o navio segue viagem em perfeitas condições de segurança. Ainda será feita perícia para identificar os responsáveis pelo incidente. Não houveram feridos, nem maiores problemas.

MSC Opera envolvido em acidente em Buenos Aires (atualizado)

|

Opera deixando Santos no dia 20.
Ontem informações extra-oficiais dão conta de que o MSC Opera teria se acidentado ao deixar o porto de Buenos Aires. Apesar de ainda não haver confirmação por parte da MSC, o fato parece evidente, já que a embarcação permaneceu em Buenos Aires por várias horas. Ontem, aconteceu  a troca de comandantes do MSC Opera, e em sua primeira manobra a bordo do navio, o navio perdeu o controle, e se chocou contra o cais duas vezes, enquanto deixava o porto de Buenos Aires para seguir para Punta Del Este. Como é de praxe em manobras de desatracação, o navio ainda estava sob o comando da praticagem local. Teriam sido afetados os decks 4, 5 e 6, sendo que este último estaria totalmente fechado devido aos danos. Algumas cabines de tripulantes, nos decks mais a baixo também foram afetadas.

O navio saiu no dia 20 sob forte chuva. 
Ainda assim, ao que tudo indica, os danos não foram graves, uma vez que ele foi autorizado pela Prefectura Naval Argentina a seguir viagem para Punta Del Este, ainda ontem, as 23 horas. No momento, o navio se encontra em alto-mar, ainda a caminho de Punta Del Este, onde deve chegar nas próximas horas. É provável que o horário de saída do navio de Punta também seja alterado, e que sua chegada em Ilhabela, na Segunda-feira também sofra atraso.

Não houve vítimas, nem feridos. Atualmente o navio faz uma viagem de 9 noites, que embarcou em Santos no último dia 20, e no Rio no dia 21. A viagem faria escalas em Buenos Aires, Punta Del Este e Ilhabela, e termina em Santos no dia 29, e no Rio no dia 30.

NOTA OFICIAL DA MSC COM DADOS ATUALIZADOS: CLIQUE AQUI.

Texto (©) Copyright Daniel Capella, com informações de Crew Floripa.

Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

MSC Splendida no Funchal, Ilha de Madeira, Portugal.

|

Esteve hoje em Funchal, o MSC Splendida, que junto com o Fantasia é o maior navio da frota do armandor. O navio está fazendo um cruzeiro de 11 noites com na Itália, e escalas em Funchal, St. Cruz de Tenerife, Barcelona, Casablanca e Málaga, além dos portos de embarque, Gênova e Civitavecchia. Também há embarque em outros portos do referido roteiro. O MSC Splendida tem 138,000 toneladas, e acomoda até 3,887 passageiros. As fotos são do amigo e parceiro João Abreu, do blog Navios no Atlântico. Confira seu depoimento sobre a escala:
 A primavera voltou em grande, hoje uma manhã "Splendida" esteve bem à altura para receber o MSC SPLENDIDA no porto do Funchal. Deixo-vos com algumas imagens da chegada deste gigante. Para quem tiver a oportunidade de ver no futuro ou o Splendida ou o Fantasia, atentem no som provocado pelos hélices transversais. É muita potência!

Texto (©) Copyright Daniel Capella e João Abreu.
Imagem (©) Copyright João Abreu.

Bleu de France será renomeado Saga Sapphire

|

Bleu de France
A Saga Holidays, que adquiriu o Bleu de France ano passado (veja notícia da época), anunciou recentemente que o navio, será renomeado Saga Saphirre. Segundo a companhia, o nome foi decidido em conjunto com os passageiros do Britannia Club, o grupo de fidelidade da companhia, equivalente ao Costa, ou MSC Club.

A data para a entrada de operação do navio também foi mudada, agora para o dia 26 de Março de 2012, dia em que ele já parte em viagem inaugural. Ou seja, o navio deixará a Pullmantur/CDF ainda em 2011, para ser reformado, e entrar em operação só em Março. Segunda a Saga a reforma irá dar  um design mais estiloso e contemporâneo ao navio de 30 anos, que passará a atender os padrões da Saga Holidays.

Spirit of Adventure
"Estou muito feliz em anunciar o nome do nosso mais novo navio" disse Robin Shaw, CEO da Saga Cruising. "O excelente acréscimo do Saga Sapphire a nossa frota vai oferecer aos clientes da Saga ainda mais oportunidades para para conhecer novos e fantásticos portos de escala", completou.


A companhia já possui outros três navios, dois sob sua marca principal, a SAGA Cruises (Saga Ruby e Saga Pearl II), e o Spirit of Adventure, em sua subsidiária Spirit of Adventure Cruises. Com a adição do Bleu de France, Saga Sapphire, o Saga Pearl II deve ser transferido para a Spirit of Adventure Cruises, deverá ser renomeado Quest of Adventure.

Texto (©) Copyright Daniel Capella, com informações de Cruise Business
Imagens (©) Copyright Robert Wilson e Sergio Ferreira.

Costa Fortuna atraca em Maceió com 3 mil passageiros

|

Costa Fortuna em Santos
O navio Costa Fortuna, de bandeira italiana, atracou no porto de Maceió, no final da manhã desta quarta-feira (23), trazendo a bordo quase 3 mil pessoas, entre passageiros e tripulantes. Ele chegou ao meio-dia, vindo de Salvador, e segue para Recife às 23h, de onde já retorna para a Europa.

Durante o período em que um navio permanece na capital alagoana, os passageiros aproveitam para conhecer a cidade, curtir suas praias e fazer compras. De acordo com projeções divulgadas pela Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur), a média de gasto de cada passageiro de um cruzeiro marítimo na cidade fica em torno de R$ 300.

É a segunda vez que o Costa Fortuna vem a Maceió nesta temporada. Ele esteve aqui em novembro e o seu retorno não estava previsto. “Isso só confirma o quanto Maceió está consolidada na rota dos cruzeiros marítimos, diz Ubiratânia Amorim, coordenadora geral de Projetos da Semptur.

No próximo dia 29, o transatlântico MSC Orchestra, de bandeira panamenha, também volta a Maceió, com cerca de 3.700 pessoas a bordo, devendo permanecer por 6 horas - das 13h às 19h – atracado no Porto de Jaraguá.

A alta temporada, que começou em novembro do ano passado, será encerrada em maio, com o Navio Bleu de France, que ainda vem duas vezes a Maceió: nos dias 9 e 14 de maio. Na avaliação da Semptur, esta foi a melhor de todas as temporadas de cruzeiros marítimos da capital alagoana, resultando no incremento da economia local, sobretudo nos segmentos de gastronomia, artesanato, táxis e de trabalhadores informais.


Texto (©) Copyright Primeira Edição.
Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

MSC inicia nova temporada em Novembro com diminuição na frota.

|

Os navios MSC Armonia, MSC Musica, MSC Opera e MSC Orchestra começarão a chegar ao litoral brasileiro a partir de novembro de 2011 para percorrer destinos turísticos e repletos de beleza natural. Entre as regiões escolhidas estão cidades do Rio de Janeiro, o litoral de São Paulo, as praias do nordeste e os cenários encantadores do Sul, incluindo Porto Belo, São Francisco do Sul, Buenos Aires, Montevidéu e Punta Del Este.

MSC Armonia
O MSC Armonia adiantará o início do verão brasileiro atracando no porto de Santos em 16 de novembro. Como destinos, a embarcação terá Búzios, Ubatuba, Ilha Grande/Angra dos Reis, Salvador, Ilhéus, Buenos Aires, Punta Del Este e São Francisco do Sul. Seus roteiros variarão entre 3 e 9 noites e podem incentivar várias pessoas já que passará por diversas regiões.

MSC Orchestra
Em dezembro chegarão os irmãos gêmeos da classe Musica. No dia 05, o MSC Orchestra, que tem feito muito sucesso por aqui, chega em Santos para levar os hóspedes para cidades nordestinas que são verdadeiras riquezas tropicais, como por exemplo, Salvador, com sua arte e cultura; Maceió, com suas exuberantes piscinas naturais; e Recife, com suas lindas praias.

MSC Musica
Já o MSC Musica voltará para fazer embarques exclusivos do Rio de Janeiro, assim como na temporada 2010/2011, e passará pelo litoral paulista (Ilhabela e Ubatuba), Búzios, seguindo rumo às praias de Alagoas e Bahia e, também para Santa Catarina, Argentina e Uruguai.

MSC Opera
E o MSC Opera, conhecido por seu requinte, ficará responsável pelos embarques exclusivos da capital argentina fazendo mini- cruzeiros para Montevidéu e Punta Del Este, no Uruguai, e viagens com maior duração (8 e 9 noites) para trazer os turistas estrangeiros ao Brasil.



Texto: Press Release MSC
Imagens (©) Copyright Daniel Capella, Santos.

Entraves na infraestrutura portuária poderão afastar cruzeiros durante o período da Copa

|

Os armadores que já operam no Brasil – e outros que poderão vir a atuar – ainda não definiram se agendarão cruzeiros marítimos para o país, durante a realização da Copa do Mundo de 2014. Segundo a coordenadora do grupo de estudos técnicos de infraestrutura de operações da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), Márcia Leite, a decisão só será tomada depois que o governo brasileiro se pronunciar a respeito da solução dos problemas que impedem o setor de crescer ainda mais, como gargalos na infraestrutura portuária, altas taxas operacionais e a necessidade de prorrogar os vistos dos tripulantes.

Márcia Leite foi uma das participantes de audiência pública realizada pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) cujo tema foi a importância da melhoria da infraestrutura portuária na dinamização do trabalho dos portos. Os convidados abordaram a questão a partir da possibilidade de redução das desigualdades regionais com a potencialização do turismo.

Quem mais detalhou os problemas de infraestrutura existentes nos portos brasileiros foi a representante da Abremar. Ela revelou que até o Porto de Santos, o maior do país, enfrenta grande gargalo operacional. A situação é tão grave, exemplificou Márcia Leite, que o terminal de embarques conta apenas com cinco aparelhos de raios-X para fiscalizar as bagagens dos passageiros. Ela calcula que, estando sete navios atracados, aproximadamente 22 mil malas são escaneadas por esses poucos equipamentos.

Antonio Maurício Ferreira Neto, diretor de modernização portuária da Secretaria de Portos, órgão vinculado à Presidência da República, informou que os investimentos na infraestrutura dos portos cresceram, após a criação da secretaria. Ele citou o exemplo dos serviços de dragagem que não eram feitos há 15 anos. Segundo o diretor, de três anos e meio para cá, época da implantação do órgão, foram gastos nesse tipo de serviço R$ 2,6 bilhões.

O fato de o Brasil sediar a próxima Copa do Mundo obrigou o governo federal a investir em portos localizados nas proximidades das cidades-sede: Manaus, Mucuripe (CE), Natal, Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Santos. Antonio Maurício observou que o fundamental na execução das obras programadas é deixar um legado que possa atender a demanda crescente do turismo marítimo. Ele antecipou que os R$ 741 milhões previstos no PAC 2 para serem aplicados em terminais de passageiros dos portos da Copa deverão ser ampliados para R$ 1,1 bilhão.

Legado
Por sua vez, Ricardo Martini Moesch, diretor da Secretaria Nacional de Políticas de Turismo, do Ministério do Turismo, disse que se o Brasil pretende se transformar em um importante concorrente internacional no que diz respeito ao turismo marítimo, tem que qualificar os seus serviços. Ele explicou que se o turista visita um país e não se considera bem recepcionado, além de ele não retornar, ainda faz propaganda negativa.

Ricardo Moesch argumentou que a Copa do Mundo e a Olimpíada do Rio podem deixar um importante legado, muito além do mero crescimento do número de visitantes durante a realização das duas competições esportivas. Ele referiu-se à grande divulgação da imagem do país e citou o caso da Alemanha, que até antes de sediar sua última Copa, era considerado um país carrancudo.

- Depois da Copa a imagem da Alemanha passou a ser a de país amigo – disse Ricardo Moesch.

O presidente da CDR, senador Benedito de Lira (PP-AL), defendeu o estabelecimento de parcerias do governo federal com a iniciativa privada para melhorar a infraestrutura portuária do país. O deputado federal Beto Mansur (PP-SP) seguiu na mesma linha. Já a senadora Ana Rita (PT-ES) observou que através do diálogo entre parlamentares, governo e representes de empresas podem ser encontradas soluções para resolver os problemas nos portos.


Texto (©) Copyright Agência Senado/ Correio do Brasil.

Mariner of the Seas já está na Europa.

|

Na ilha de la Palma conhece-se como "indianos" aos emigrantes regressados de América. O Ventura de P & O, iniciou na passada segunda-feira o desfile de grandes navios que retornam de América. Hoje segue-lhe o Mariner of the Seas (em primeira visita a Santa Cruz), procedente de Brasil e, desde Tenerife dirige-se a Civitavecchia sem escalas intermedias. Amanhã teremos ao MSC Lirica para terminar no mês com oAzura, Prinsendam e Silver Wind. O porto tinerfeño, também verá em Abril o regresso de numerosos navios em travesía transatlántica. O Mariner of the Seas, partiu de Santos no dia 13, e chega hoje, exatamente dez dias depois a Europa. O navio ficará baseado em Civitavecchia, nas proximidades de Roma até Outubro, quando ele parte para seu novo porto base no Caribe, o de Galveston, no Texas. O navio não tem previsão de volta ao Brasil.


Texto (©) Copyright Antonio Saéz e  Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Antonio Sáez, Tenerife.

Caso Pullmantur - CVC 2011/2012

|


Como recentemente anunciado, a CVC deixará de fretar os navios, ou ser a representante oficial da Pullmantur no Brasil. O anúncio ainda é cercado de mistério, por vários motivos. Um deles, é o motivo para tal decisão, já que na última temporada, a CVC tinha assinado um novo contrato com a Pullmantur, que valeria por quatro temporadas, e ofereceria mais oportunidades para ambas as empresas. É interessante observar também, que antes do anúncio da Pullmantur, a CVC já vendia as viagens para os navios, e já tinha todos os roteiros prontos, e em algumas lojas até mesmo o Caderno 2011/2012. E, mesmo agora, apesar do anúncio, a CVC continua comercializando os roteiros por conta própria, antes mesmo da instalação do escritório da companhia espanhola no Brasil. Além disso, a Pullmantur ainda não anunciou seus roteiros e navios, mas disse que fará uma temporada de Novembro a Março, e a atual, comercializada pela CVC vai até Maio. A pergunta é, estariam valendo os roteiros da CVC?
Não há ainda as informações, mas assim que ficarmos sabendo, informaremos nossos leitores. O site da Pullmantur Brasil já está no ar, mas, ainda aguarda a publicação de arquivos.

Royal Caribbean Couple

|

 Na sexta-feira estiveram em Santos os dois navios da Royal Caribbean no Brasil, Splendour e Vision, e o Costa Fortuna, que fez última escala em Santos nessa temporada. Todos voltavam de mini-cruzeiros pela costa brasileira.

O Splendour e o Vision partiram também para mini-cruzeiros, ambos partiram ainda cedo, em um dia de tempo razoável em Santos, quando não choveu, ao contrário de ontem e hoje. O Splendour partiu primeiro, para um mini-cruzeiro de 3 noites com escala apenas em Búzios. Mini-cruzeiro idêntico, aliás, ao do Vision, que partiu alguns minutos depois. O Splendour volta a Santos hoje, quando embarca para a sua travessia rumo a Europa, essa será sua última escala antes da reforma por que passará antes de voltar na próxima temporada. Já o Vision retorna hoje também, mas ainda faz mais dois mini-cruzeiros antes de encerrar a temporada 2010/2011 no Brasil.
 O Costa Fortuna já está a caminho da Europa. Ele partiu com certo atraso, por problemas com drogas. Semana passada, foram encontrados dois quilos de entorpecentes em propriedade de um tripulante do navio, que as embarcou em Porto Belo. O material foi localizado enquanto o navio vinha de Porto Belo a Santos, e o tripulante em questão, detido ainda a bordo, por policiais que tratavam assuntos relativos a imigração e já estavam a bordo do navio. O navio retornava de uma viagem de 9 noites, com escalas em Porto Belo, Punta Del Este, Buenos Aires e Rio de Janeiro. Ele partiu em uma travessia atlântica de 20 noites, que termina em Veneza, no dia 07 de Abril. A viagem ainda faz escala em Ilhéus, Salvador, Maceió, Recife, Sta. Cruz de Tenerife, Casablanca, Valetta, Kerkyra e Dubrovnik, antes de chegar em seu porto final. Na próxima temporada, o navio está de volta. Mais fotos da saída do Costa Fortuna estão disponíveis neste link.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Daniel Capella e Canal do Porto de Santos.

Royal Caribbean seleciona profissionais para trabalho a bordo de seus navios

|

São Paulo, 15 de março de 2011 – A Royal Caribbean dá continuidade ao seu processo de recrutamento e seleção para 80 vagas com início imediato. Os candidatos interessados em iniciar uma carreira a bordo dos navios de cruzeiro da companhia podem se inscrever para tentar uma vaga. As entrevistas serão realizadas no escritório da empresa em São Paulo.

Há oportunidades para garçons, assistentes de garçom, atendentes de restaurante, camareiros, supervisores de governança, alfaiates e recepcionistas (com mais de três idiomas) entre outras.

Para ocupar uma vaga, os candidatos devem ter os seguintes pré-requisitos: mais de 21 anos, inglês avançado ou fluente (de acordo com a vaga), conhecimento na área desejada, 2º grau completo ou ensino superior, dinamismo e paixão por hospitalidade. Os aprovados irão trabalhar embarcados nos navios das companhias Royal Caribbean, Celebrity Cruises e Azamara Club Cruises, no Brasil e no exterior.

Os interessados devem enviar currículo em inglês (word ou pdf) para: recrutamento@rccl.com.br

Mariner of the Seas realiza última escala

|


No dia 13, Domingo, Santos recebeu 5 navios de cruzeiro: Grand Mistral, MSC Orchestra, Horizon, Mariner of the Seas e Empress. Este último, só chegou a cidade às 14 horas, devido a motivos desconhecidos. Sua chegada a princípio, estava prevista para às 06 da manhã. Todos desembarcaram passageiros de mini-cruzeiros pela Costa Sudeste, e dois deles fizeram a última escala na cidade, não só nessa temporada, mas por um bom tempo, já que esses dois não devem voltar ao Brasil tão cedo. Estamos falando do Horizon, da CVC e no Mariner of the Seas, da Royal Caribbean. Enquanto um deles foi a sensação da temporada, o maior a fazer temporada no Brasil, e o mais inovados já visto pelos Brasileiros, o outro fez uma temporada discreta, sem muito destaque na imprensa.
 O Domingo, foi um belo dia ensolarado, e quente. Mas, infe- lizmente, os navios só deixaram a cidade ao anoitecer, quando o sol já havia se posto, e as nuvens dominavam a paisagem, tornando suas saídas, novamente escuras. O primeiro a sair, ainda com a luz do dia foi o Mistral, da Ibero. Construído em 1996, ele tem capacidade para 1,700 passageiros, e nesse dia, embarcou 1,007 para mais um mini-cruzeiro pelo Brasil. Logo em seguida foi a vez no MSC Orchestra deixar o porto. O navio da MSC, um dos mais novos a fazer temporada no Brasil, saiu, já às 18:30, com cerca de 3,100 passageiros.
Em fila, seguiou o Horizon, que deixou Santos sem passa- geiros, com destino a Curação, no Caribe. Por lá, ele começará sua temporada européia, ainda operando pela Pullmantur. O navio é o antigo Island Star, que após alguns anos distante, voltou para mais uma temporada na Costa Brasileira, e deve passar, mais alguns ausente, já que será transferido para a CDF em breve. Logo depois, já de noite, o Mariner of the Seas fez sua triunfal última saída. O navio partiu com destino a Civitavecchia, Roma, onde ficará baseado no Inverno. Lotado, o navio buzinou várias vezes, e emocionou, tanto quem o via pela primeira vez, quanto seus ex-passageiros, que conferiam sua última saída. Semana que vêm, não perca a matéria especial sobre sua última escala.
 Texto e Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

 

©2013 Design por Ray Câmara