Em pouco mais de um ano os três (quase) gêmeos da Crystal Cruises passarão por Santos.

|

Crystal Serenity
Entre Fevereiro de 2012, e Maio de 2013 os três navios construídos para a Crystal Cruises, entre 1990 e 2003: Crystal Symphony, Crystal Serenity e Asuka II farão suas estreias no porto de Santos. O fato deve-se principalmente a inclusão da cidade nos roteiros da Crystal Cruises e da companhia irmã Asuka Cruises.

A Crystal e Asuka são filiais da NYK Line, ambas as companhias iniciaram suas operações no começo da década de 90, com a construção de dois navios semelhantes exteriormente, mas de características bem diferentes. A Crystal foi concebida como uma companhia de alcance mundial, com navios extremamente luxuosos, e voltada a um mercado de maior poder aquisitivo. Já a Asuka teria a missão de servir o mercado japonês com viagens a partir dos portos japoneses, e com a língua do país como a principal a bordo. O navio, teria padrões "standard", e menor capacidade de passageiros, além de ser construído no Japão.

Asuka II.
Mais tarde, em 1994, a NYK Line decidiu aumentar sua capacidade no segmento de cruzeiros, e encomendou um gêmeo para o Crystal Harmony, o Crystal Symphony, totalizando assim, com o Asuka original, a operação de três navios. Já em 2001, a NYK encomendou novamente desta vez ao Chantiers de l'Atlantique, e novamente com as características do Crystal Harmony, mas desta vez, com novidades em relação a design e atrações, nascia o Crystal Serenity. Em 2006, visando aumentar a capacidade da Asuka Japão o Crystal Harmony foi transferido a filial japonesa da NYK, e renomeado Asuka II. Já o Asuka original foi vendido nesse mesmo ano, e desde então opera para a Phoenix Reisen da Alemanha. A configuração das companhias continua, desde então, a mesma.

O primeiro destes navios a visitar Santos, será o Crystal Simpohny, que fará sua estréia, assim como a da companhia em 25 de Fevereiro de 2012. Em 5 de Março de 2013 será a vez de o Crystal Serenity fazer a segunda escala da companhia na cidade. E em 18 de Maio de 2012 acontecerá a escala inaugural da Asuka Cruises, com a estréia de sua único navio, Asuka II, e em escala com pernoite.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagem (©) Copyright Elad Ben Dor e Simon Wolf.

Novidades nos Estaleiros.

|

Celebrity Silhouette

Celebrity Silhouette
O gramado natural do navio que foi batizado de
The Lawn Club
No último dia 21 entrou em serviço o mais novo navio da Solstice Class da Celebrity, o Celebrity Silhouette. Ele é o quarto navio da Solstice Class, mas oferece algumas novas atrações, em se comparando com seus outros três gêmeos. Uma delas, é o Lawn Club Grill, um restaurante sobre o gramado de seu Lawn Club onde os hóspedes podem preparar um churrasco mediante o aluguel de uma das churrasqueiras disponíveis. Continua em construção no estaleiro alemão Meyer Werft o quinto e último navio da Solstice Class, Celebrity Reflection.

Oceania's Riviera
O segundo novo navio construído para a Oceania Cruises, o Riviera, já flutua no estaleiro Fincantieri de Gênova, Itália. O navio foi rebocado, a um novo cais no estaleiro, onde começará uma nova fase em sua construção, a de decoração, e montagem de interiores. Gêmeo do Marina, que foi entregue esse ano, o Riviera possuirá em torno de 66,000 toneladas, e capacidade para 1,250 passageiros. Sua entrega está prevista para Abril de 2012.


Costa Fascinosa
O gêmeo do Costa Favolosa, e último navio enco- mendado pela Costa Crociere, ainda em 2008, foi colocado para flutuar pela primeira vez, também no estaleiro Italiano Fincantieri, mas nesta vez, em Marghera, uma cidade próxima a Veneza. O navio com 114,000 toneladas, e capacidade para até 3,840 passageiros é o sexto gêmeo da classe Concordia, que inclui também o Costa Favolosa, e os originais Costa Concordia, Costa Serena, Costa Pacifica e Carnival Splendour. Sua entrega está prevista para o dia 2 de Maio de 2012.

AIDA Mar
Já a construção do AIDA Mar, mais novo navio da alemã AIDA Cruises, continua a todo vapor. Recente- mente foram instalados os motores do navio, que já começa a tomar forma. O navio também é o sexto de uma série de sete navios denominada Shpinx Class. Sua entrega está prevista para Maio de 2012. Com 71,000 toneladas, ele tem capacidade para 2,174 passageiros, e custou a Carnival Corporation 575 milhões de dólares.

Project Sunshine

Os novos navios da Royal Caribbean encomendados em Março desse ano ainda nem começaram a ser construídos nos estaleiros Meyer na Alemanha. Além disso, ainda não há nenhuma informação sobre como serão, ou quais serão as atrações desses navios. Porém, há quem aposte que eles serão uma variação da Solstice Class, construída no mesmo estaleiro para a Celebrity Cruises, companhia irmã da Royal. Caso isto venha a ser confirmado, os navios serão mais ou menos como o desenho acima.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Meyer Werft (Celebrity Silhouette e AIDA Mar), Oceania Blog (Riviera), Costa Blog (Costa Fascinosa) e Crociere UK (Project Sunshine).

Sucesso entre os temáticos, Royal Life volta em janeiro

|

Vision
Para aqueles que se preocupam com a saúde e o bem-estar, a Royal Caribbean traz novamente para essa temporada de cruzeiros, o temático Royal Life, ideal para quem pretende unir férias à oportunidade de fazer exercícios enquanto admira belas paisagens, assistir a palestras de orientação sobre nutrição, desfrutar de bons momentos e ainda relaxar. O cruzeiro Royal Life, a bordo do Vision of the Seas, terá saída de Santos no dia 27 de janeiro de 2012 e do Rio de Janeiro no dia 28.

A programação que estimulou os participantes no último ano será mantida e ganhará ainda mais novidades: a Royal Caribbean trará para esta edição novas parcerias com profissionais renomados das áreas de esporte, bem-estar e nutrição.

Durante uma semana, adultos e crianças realizarão diversas atividades com vista para o mar e para as belas praias do litoral brasileiro. Os participantes do cruzeiro participarão de aulas de spinning, ritmos, hidrobike, pilates, ioga (no mar e em terra), ioga kids e gincana para toda família. Para ajudar a manter a boa forma, os cardápios do navio contarão com opções de alimentação mais leves e saudáveis.

Além de tudo isso, os hóspedes curtirão as atividades regulares do navio e terão momentos de relaxamento nas áreas de lazer do Vision of the Seas, que conta com duas piscinas, seis jacuzzis, spa, solarium, teatro, lojas e salão de beleza, distribuídos em 11 deques. O navio tem capacidade para mais de 2.400 hóspedes.

Para quem embarcar em São Paulo as escalas incluem Ilhabela, Rio de Janeiro, Búzios e Salvador. Para os que embarcam no Rio de Janeiro as escalas incluem também a cidade de Santos.

Perfil dos navios da temporada 2011/2012: MSC

|

MSC Orchestra
Companhia: MSC Crociere (Origem Italiana, mas com escritórios centrais em Genebra, Suiça).
Perfil do Público: Famílias, casais e grupos de amigos.
Diferenciais: É gêmeo do Musica, tem 65% das cabines com varanda, foi lançado em 2007 e é um dos mais novos navios a fazer cruzeiros regulares no Brasil. É muito bem decorado, e tem infra-estrutura completa.
Pontos Negativos: Tem poucas cabines externas sem varanda, e poucas opções de cabine.
Porto-base: Santos, com embarque em Salvador em algumas saídas.
Cidades de Escala: Recife, Maceió, Salvador, Ilhéus, Rio de Janeiro, Ilha Grande/Angra dos Reis, Ubatuba, Ilhabela, Santos e Porto Belo.

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em:  Maio de 2007 Local de construção: Chantiers de l'Atlantique, St. Nazaire, França.
Custo Original: 360 milhões de dólares.    
Índice Passageiro/Espaço: 30,6 m² por passageiro.
Nomes e companhias anteriores: Nenhum
Capacidade Máxima: 3.013 passageiros. Velocidade: 23 nós
Comprimento: 293.7 metros Largura: 32.2 metros
Bandeira: Panamá Tonelagem: 92.409 t.
Navios Gêmeos: MSC Musica, MSC Magnifica e MSC Poesia. 
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,465 pontos (de 2,000 possíveis) ou 4 estrelas.

MSC Musica
Companhia: MSC Crociere (Origem Italiana, mas com escritórios centrais em Genebra, Suiça).
Perfil do Público: Famílias, casais e grupos de amigos.
Diferenciais: Tem roteiros bem variados, do Nordeste ao Prata, as piscinas são grandes, e bem arejadas. É o único da MSC com embarque no Rio de Janeiro
Pontos Negativos: O telão da piscina é mal aproveitado.
Porto-base: Rio de Janeiro, com embarque em Buenos Aires em algumas saídas.
Cidades de Escala: Fortaleza, Recife, Maceió, Salvador, Ilhéus, Rio de Janeiro, Búzios, Ilha Grande/Angra dos Reis, Ubatuba, Ilhabela, Santos, Punta Del Este, Buenos Aires. 

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em: Julho de 2006  Local de construção: Chantiers de l'Atlantique, St. Nazaire, França.
Custo Original: 360 milhões de dólares.      
Índice Passageiro/Espaço: 30,6 m² por passageiro.
Nomes e companhias anteriores: Nenhum
Capacidade Máxima: 3.013 passageiros. Velocidade: 23 nós
Comprimento: 293.7 metros Largura: 32.2 metros
Bandeira: Panamá Tonelagem: 92.409 t.
Navios Gêmeos: MSC Orchestra, MSC Magnifica e MSC Poesia. 
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,462 pontos (de 2,000 possíveis) ou 4 estrelas.

MSC Opera
Companhia: MSC Crociere (Origem Italiana, mas com escritórios centrais em Genebra, Suiça).
Perfil do Público: Famílias, casais e grupos de amigos.
Diferenciais: É muito luxuoso, é um navio agradável, com muitos bares e música ao vivo.
Pontos Negativos: A comida não é das melhores, além de estar em baixa devido aos vários acidentes que sofreu este ano.
Porto-base: Buenos Aires
Cidades de Escala: Recife, Salvador, Búzios, Rio de Janeiro, Ilha Grande (Angra dos Reis), Ilhabela, Punta Del Este e Buenos Aires. 

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em: Março de 2004 Local de construção: Chantiers de l'Atlantique, St. Nazaire, França.
Custo Original: 266 milhões de dólares.    
Índice Passageiro/Espaço: 26,8 m² por passageiro.
Nomes e companhias anteriores: Nenhum
Capacidade Máxima: 2.055 passageiros. Velocidade: 21 nós
Comprimento: 251.2 metros Largura: 28.8 metros
Bandeira: Panamá Tonelagem: 59.058 t.
Navios Gêmeos: MSC Lirica, MSC Armonia, MSC Sinfonia a Grand Mistral (este último com variações).
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,438 pontos (de 2,000 possíveis) ou 4 estrelas.

MSC Armonia
Companhia: MSC Crociere (Origem Italiana, mas com escritórios centrais em Genebra, Suiça).
Perfil do Público: Famílias, casais e grupos de amigos.
Diferenciais: Tem o melhor roteiro rumo ao prata da temporada, em 9 noites, faz escala nos principais portos do Prata: Buenos Aires, Punta Del Este e Montevideo, e ainda passa por São Francisco do Sul, em Santa Catarina.
Pontos Negativos: Não possui cabines externas com varanda (somente suítes), tem poucas opções de cabine, e a culinária não é das melhores. 
Porto-base: Santos.
Cidades de Escala: Recife, Salvador, Búzios, Ilha Grande (Angra dos Reis), Rio de Janeiro, Santos, Ilhabela, Ubatuba, São Francisco do Sul, Punta del Este e Montevideo.

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em: Junho de 2001 Local de construção: Chantiers de l'Atlantique, St. Nazaire, França.
Nomes e companhias anteriores: European Vision (Festival Cruises).
Custo Original: 245 milhões de dólares.  
Índice Passageiro/Espaço: 26,3 m² por passageiro.
Capacidade Máxima: 2.087 passageiros. Velocidade: 21 nós
Comprimento: 251.25 metros Largura: 28.80 metros
Bandeira: Panamá Tonelagem: 58.625 t.
Navios Gêmeos: MSC Sinfonia, MSC Lirica e MSC Opera, Grand Mistral (com modificações).
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,431 pontos (de 2,000 possíveis) ou 4 estrelas.


Para comparar com os navios da Royal Caribbean e da Pullmantur, clique aqui. Para comparar com os da Ibero e Costa, clique aqui

Texto (©) Copyright: Daniel Capella.
Imagens: (©) Copyright Daniel Capella e MSC Press Area (Armonia e Orchestra).

Argentinos lideram entre estrangeiros que visitaram o Brasil em cruzeiros

|

Buenos Aires.
Dos 792 mil hóspedes que embar- caram em viagens de navio na última temporada de Cruzeiros Marítimos, de outubro de 2010 e a maio de 2011, 99.029, ou 12,5%, eram estrangeiros. Destes hóspedes, 74.200, ou 75%, eram argentinos. Os dados fazem parte de um levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) a pedido da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar).

Em 2010, segundo a Embratur, 1,4 milhão de turistas argentinos escolheram o Brasil como destino de viagem. Os cruzeiros hospedaram 5,35% deste total. Para a próxima temporada, a Abremar prevê que os navios tragam 134 mil estrangeiros ao país, um aumento de 35% em relação a 2010.

Texto (©) Copyright Mercados e Eventos.
Imagem (©) Copyright Daniel Capella.

Novas fotos no Facebook

|

Santos
A página do Facebook do blog WorldCruises.com foi atualizada com novas fotos em seus álbuns. A principal novidade é o álbum Portos do Brasil, com várias fotos dos principais portos, ou pontos de escala dos navios de cruzeiro no Brasil. Entre as fotos, várias das saídas do Rio de Janeiro e Santos, do porto de Salvador, Ilhéus, e das cidades de Búzios e Ilhabela, entre outros. 

Rio de Janeiro.
Também estão disponíveis 16 novas fotos dos interiores do Costa Classica, um dos navios clássicos da frota da Costa Crociere. Todas as fotos, são de autoria de Daniel Capella, e estão disponíveis neste link. Também estão disponíveis fotos dos interiores do Cisne Branco, o veleiro da marinha brasileira, do Bleu de France, do Mariner of the Seas e do Splendour of the Seas, além de fotos dos navios em escala em portos pelo Brasil, e América do Sul. Se você ainda não conhece a página do blog no Facebook, clique aqui, ele, assim como as fotos, está disponível mesmo para quem não tem conta na rede social. 

200,000 Visitas
Ilha Grande
Na semana passada o blog WorldCruises.com alcançou o expressivo número de 200,000 visitas desde sua criação em 2009. Atingindo assim a meta estipulada ano passado que consistia em atingir este número antes do segundo aniversário do blog, que acontecerá em 14 de Agosto. Com isso, só temos a agradecer a nossos visitantes e leitores, e avisar, que nossos planos são de crescer cada vez mais!
Apesar de nossa média de leitores diário ter caído de 300 durante a temporada para 200 desde o começo de Maio, continuamos sendo o blog de cruzeiros mais acessado do país, e da América do Sul. Antes de encerrara postagem, gostaria de novamente agradecer aos leitores, e a todos envolvidos com o blog.

Navio da Marinha Brasileira visita a ilha espanhola de Tenerife.

|

Entra en puerto a las 0900h, en medio de fuerte contraluz.
Este navio escola é uma fragata da classe Niteroi de 1983, construído no Arsenal de Rio, e foi adaptada como Navio Escola. O seu numeral U-27 recorda-nos aos U-Boot alemães da 2ªGM. Com os motores diesel tem uma autonomia de 5.300 mn a 17 nodos. O navio-escola realiza anualmente uma viagem de instrução que tem o objetivo de complementar, de forma prática, os conhecimentos teóricos adquiridos na Escola Naval, onde os Guardas-Marinha (GM) habilitaram-se nos Corpos da Armada, Fuzileiros Navais e Intendência, e melhorar suas formações culturais.
O NE Brasil arribó a Tenerife no passado dia 26 desde Bahía. Realizou intensas manobras com os cadetes, 30 mn sul da ilha de Tenerife durante dois dias (uns 200 cadetes , que se adiestran a bordo do navio durante os seis meses de longa travesía).Displacement: 3,355 tons standard
Length: 129.2m
Beam: 13.5m
Draught: 5.5m
Propulsion: 2 shaft
2 Rolls Royce gas 56000 hp
4 MTU Diesels 18,000 hp
Speed: 30 knots (22 knots diesels only)
Range: 5,300 nm - at 17 knots
4,200 nm-at 19 knots
1300 nm -at 28 knots.
Esta manhã às 0900h empreendeu viagem para Amsterdã, navegando à velocidade ultra - económica de 13,5 nos, o qual reduz o consumo (especialmente comparado com as turbinas de gás, tremendamente exigentes emcombustível).
O navio passará por 20 portos no Brasil e no exterior, entre os meses de julho e dezembro de 2011. Além da capital baiana, o navio irá aportar em Tenerife (Espanha), Amsterdam (Holanda), São Petersburgo (Rússia), Hamburgo (Alemanha), Le Havre (França), Londres (Inglaterra), Lisboa (Portugal), Pireu (Grécia), Civitavecchia (Itália), Valência (Espanha), Baltimore e Fort Lauderdale (EUA), Nassau (Bahamas), Cartagena (Colômbia), Guayaquil (Equador), Callao (Peru), Valparaíso (Chile), Montevidéu (Uruguai) e Buenos Aires (Argentina).
(©) Copyright texto e imágenes: Antonio Sáez, Tenerife.

Mariner of the Seas faz primeira escala em Barcelona

|


Continuando sua temporada pela europa, o navio que recentemente esteve no Brasil, estreou hoje em Barcelona, onde é visto na foto.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Miguel Gárcia Galvez.

Bleu de France passa por problemas em tempestade na Europa.

|

Uma tempestade causou problemas ao Bleu de France na madrugada do último dia 22. O navio estava a caminho de Ibiza, nas Ilhas Baleares, na Espanha, e teve de enfrentar o mar revolto.

Segundo tripulantes do navio, a tempestade rachou o casco do navio, o que ocasionou a entrada de água na casa de máquinas da embarcação. Com água em seus motores o navio ficou a deriva e sem energia por algum tempo, enquanto os reparos no casco e nas máquinas eram feitas.

Tudo aconteceu de madrugada, e muitos dos passageiros sequer notaram o incidente. A escala em Ibiza foi cancelada devido ao acontecimento, e o navio escalou Palma de Malorca, em substituição a escala original.
Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens de Arquivo (©) Copyright Daniel Capella.

Artania estréia no Funchal, e em Tenerife.

|

O Artania, ex-Artemis e Royal Princess, da P&O e Princess respecti- vamente, se transfe- riu recente- mente para a frota da Phoenix Reisen. A companhia alemã o submeteu a uma revitalização completa, além da troca de nome. E assim, ele estreou em Funchal e Tenerife, com sua nova posição no mercado, e nova aparência.

Atualmente o navio se encontra em sua primeira viagem as Ilhas Canárias, com seu novo operador, uma viagem de 18 noites, dividida em 2 partes, e que começa e termina na Alemanha. O navio tem prevista para a próxima temporada de Inverno Boreal cruzeiros pela América do Sul, com escalas em várias cidades do Brasil, com exceção de Santos, sempre em viagens em trânsito com passageiros germânicos.


Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Sergio Ferreira, João Abreu e Antonio Saéz.

Royal Caribbean seleciona profissionais para trabalho a bordo

|

A Royal Caribbean, uma das principais empresas de cruzeiros marítimos do mundo, dá continui- dade ao seu processo de recru- tamento e irá realizar entrevistas em São Paulo em Agosto e Setembro. São cerca de 200 vagas para início imediato e atuação em vários navios da companhia, espalhados pelo mundo.

Os pré-requisitos obrigatórios para as vagas são: idade mínima de 21 anos, experiência na aérea desejada, habilidade no atendimento ao hóspedes com foco na excelência; dinamismo, inglês intermediário à avançado e disponibilidade para trabalhar embarcado por pelo menos 7 meses;

Os interessados devem enviar currículo em inglês (word ou pdf) com o assunto “Seleção São Paulo – trabalho a bordo” para: recrutamento@rccl.com.br. Os currículos que não estiverem em inglês ou não cumprirem os pré-requisitos serão desconsiderados. Os candidatos selecionados para entrevista receberão um email informativo com data, local e horário da entrevista.

Os principais cargos oferecidos são: Auxiliar de limpeza; Atendente de Cafeteria; Barista; Bartender; Bar Man; Atendente de quarto; Camareira; Assistente de Garçom; Cozinheiros; Recreador Infantil (necessário Ensino Superior Completo); Recreador de adultos; Recepcionistas.


Texto (©) Copyright Royal Caribbean.
Imagem (©) Copyright Daniel Capella.

Holland America terá novidade interessante na América do Sul em 2012/2013

|

Maasdam, gêmeo do Veendam, é a novidade da companhia
na América do Sul.
A Holland America Line, companhia da Carnival Corporation, já liberou os seus roteiros na América do Sul para a temporada 2012/2013. A companhia terá três navios operando na América do Sul e Brasil: além, do Veendam e Prinsendam que tem visitado a região nas últimas temporadas, a novidade será a presença do Maasdam, gêmeo do Veendam.

Prinsendam estreará em Santos. 
Porém, a principal novidade está nos roteiros. O Veendam e o Prinsendam farão suas viagens tradi- cionais, o primeiro, os cruzeiros pelo Cabo Horn, Valparaíso - Rio de Janeiro, vice-versa, além do posicional até Nova York, em que faz várias escalas em toda a costa do Brasil (desta vez, porém, não haverá escala em Santos), e até mesmo nos portos fluviais do Rio Amazonas. O Prinsendam, fará a circum-navegação do continente sul-americano em 68 noites, também com várias escalas em portos marítimos e fluviais brasileiros, a novidade fica pela estréia dele Santos, para compensar as não-escalas do Veendam tanto em 2011/2012 como em 2012/2013.

A nova viagem do Maasdam.
Mas a principal novidade é o terceiro navio da companhia. O seu roteiro é bem diferente da maioria dos atualmente oferecidos pelas companhias em geral. Trata-se de uma viagem de 49 noites, de ida e volta para Fort Lauderdale, nos EUA. Focada no mercado norte-americano, e europeu em geral, o navio oferece um cruzeiro ao Brasil, com algumas escalas no Caribe. Apesar de não passar por Santos, a viagem (na foto ao lado) fará escalas nos principais portos do Rio Amazonas, e até mesmo em Vitória. A novidade é interessante para os brasileiros porque trará mais estrangeiros aos nossos portos, em uma viagem em que nossos portos são a principal atração.


Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Ships-Info, Juergen Braker e Seascanner.

Royal Caribbean revitaliza seus navios para oferecer novas opções de entretenim​ento, gastronomi​a e tecnologia a bordo

|

O próximo navio a ser revitalizado será o Splendour of the Seas, imediatamente antes de chegar ao Brasil para a temporada 2011/2012

São Paulo, 18 de julho de 2011 – A Royal Caribbean International anuncia que investirá aproximadamente US$300 milhões para incluir em toda sua frota as últimas inovações da indústria de cruzeiros e os programas mais premiados de sua classe Oasis.

As revitalizações oferecerão aos hóspedes mais opções gastronômicas e de entretenimento; Wi-Fi distribuído por todo o navio; estações para iPod e mais amenities nas cabines; para tornar a experiência a bordo ainda mais inesquecível. 

 Planejadas para acontecerem até 2014, essas revitalizações confirmam porque a Royal Caribbean tem sido votada como a melhor companhia de cruzeiros por oito anos consecutivos pelos leitores da revista Travel Weekly. Essas mudanças fazem parte do programa Royal Advantage – cujo objetivo é oferecer aos hóspedes os navios mais inovadores da indústria, combinados com itinerários inesquecíveis e um serviço a bordo de altíssimo nível.

 “As revitalizações foram inspiradas nas melhores experiências encontradas nos novos navios da companhia e têm como objetivo melhorar a experiência de férias de todos os hóspedes,” afirma Ricardo Amaral, diretor da Royal Caribbean Brasil. “A companhia segue seu compromisso de continuar sempre inovando”.

 O primeiro navio a passar pelo programa foi o Radiance of the Seas em maio deste ano, seguido pelo Splendour of the Seas, que passará pela última e maior revitalização deste ano, em novembro, imediatamente antes de chegar por aqui para a temporada brasileira, quando realizará cruzeiros de duas, três e quatro noites pelo litoral brasileiro e de sete e oito noites combinando Brasil, Argentina e Uruguai, saindo de Santos. 

O Splendour of the Seas chegará com novas opções de cabines com varanda, uma galeria com obras do renomado artista pernambucano Romero Britto e um serviço de bercário para bêbes e crianças, com ambiente interativo e profissionais qualificados, em parceria com a Fisher Price e Crayola. Além disso, novos restaurantes de especialidades trarão o melhor da culinária internacional.

Texto: Copyright Press Release Assessoria de Imprensa Royal Caribbean
Imagem: Silvio F.Brandão com direitos do autor

Perfil dos navios da temporada 2011/2012: Royal Caribbean e Pullmantur.

|

Splendour of the Seas
Companhia: Royal Caribbean International (Origem Norueguesa, atualmente tem escritórios centrais em Miami, Estados Unidos)
Perfil do Público: Mais procurado por famílias e casais.
Diferenciais: Tem ótima gastronomia e a infraestrutura é completa, com campo de mini golf, parede de escalada, e duas piscinas, uma a céu aberto e a outra no eloqüentíssimo Solarium. Foi eleito pelos leitores do blog WorldCruises.com como o segundo melhor navio no Brasil em 2009.
Pontos Negativos: Apesar do esforço da equipe de animação, oferece uma viagem mais cultural, com poucas atividades de animação, e menos festas.
Porto-base: Santos, com embarque em Buenos Aires em algumas viagens.
Cidades de Escala: Recife, Salvador, Búzios, Ilha Grande (Angra dos Reis), Cabo Frio, Rio de Janeiro, Ilhabela, Santos, Portobelo, Buenos Aires, Punta Del Este e Montevideo. 

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em: Março de 1996  Local de Construção: Chantiers de l'Atlantique, St. Nazaire, França.
Custo Original: 325 milhões de dólares.     
Índice Passageiro/Espaço: 33,4 m² por passageiro.
Nomes e companhias anteriores: Nenhum.  
Capacidade Máxima: 2.064 passageiros.   Velocidade: 24 nós
Comprimento: 264,2 metros            Largura: 32 metros
Bandeira: Bahamas                       Tonelagem: 69,130 toneladas.
Navios Gêmeos: O Legend of the Seas é o único realmente gêmeo, Grandeur, Enchantment, Vision e Rhapsody são variações de seu projeto.
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,499 pontos (de 2,000 possíveis) ou 4 estrelas.
Veja fotos do interior do Splendour nesse link.

Vision of the Seas
Companhia: Royal Caribbean International (Origem Norueguesa, atualmente tem escritórios centrais em Miami, Estados Unidos)
Perfil do Público: Nas viagens de mais de uma semana é mais procurado por grupos de amigos, e familias. E nos mini cruzeiros mais procurado por jovens e solteiros, além das famílias e amigos.
Diferenciais: Quase gêmeo do Splendour tem também uma estrutura muito parecida, e foi eleito como o melhor navio na Costa Brasileira, em enquete realizada aqui no blog WorldCruises.com no começo do ano passado.
Pontos Negativos: Talvez precise de uma reforma.  
Porto-base: Santos, com embarque no Rio de Janeiro em quase todas as viagens.
Cidades de Escala: Recife, Salvador, Búzios, Cabo Frio, Ilha Grande (Angra dos Reis), Rio de Janeiro, Ilhabela, Santos e Portobelo.

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em
: Maio de 1998 Local de Construção: Chantiers de l'Atlantique, St. Nazaire, França.
Custo Original: 275 milhões de dólares.   
Índice Passageiro/Espaço: 32,2 m² por passageiro.
Nomes e companhias anteriores: Nenhum.
Capacidade Máxima: 2.435 passageiros. Velocidade: 22 nós
Comprimento: 279 metros Largura: 32,2 metros
Bandeira: Bahamas Tonelagem: 78.491 t.
Navios Gêmeos: O Rhapsody of the Seas é o único realmente gêmeo, Grandeur, Enchantment, Legend e Splendour são variações de seu projeto.
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,491 pontos (de 2,000 possíveis) ou 4 estrelas.

Empress (Imperatriz)

Companhia: Pullmantur Cruises (Origem Espanhola, mas parte do grupo americano Royal Caribbean International).
Perfil do Público: Famílias, casais e grupos de amigos.
Diferenciais: É um belo navio, muito parecido com os da Royal Caribbean. Opera no sistema tudo incluído.
Pontos Negativos: Só possui uma piscina, que é insuficiente para todos os seus passageiros. Não possui um Spa/Academia completo. 
Porto-base: Santos, com embarque em Itajaí em quase todas as viagens.
Cidades de Escala: Recife, Salvador, Búzios, Praia Privativa, Rio de Janeiro, Santos, São Francisco do Sul, Itajaí, Montevideo e Buenos Aires. 

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em: Junho de 1990 Local de construção: Chantiers de l'Atlantique, St. Nazaire, França.
Nomes e companhias anteriores: Nordic Empress e Empress of the Seas (Royal Caribbean).
Custo Original: 170  milhões de dólares.    
Índice Passageiro/Espaço: 26,3 m² por passageiro.
Capacidade Máxima: 2.087 passageiros. Velocidade: 19 nós
Comprimento: 251.25 metros Largura: 28.80 metros
Bandeira: The Bahamas Tonelagem: 48.563 t.
Navios Gêmeos: Nenhum.
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,246 pontos (de 2,000 possíveis) ou 3 estrelas.


Zenith
Companhia: Pullmantur Cruises (Origem Espanhola, mas parte do grupo americano Royal Caribbean International).
Perfil do Público: Famílias, casais e grupos de amigos.
Diferenciais: É o único navio que fará mini-cruzeiros durante toda a temporada, além de operar, também, no sistema tudo-incluído.
Pontos Negativos: O estado de conservação do navio não é perfeito. 
Porto-base: Santos.
Cidades de Escala: Salvador, Vitória, Búzios, Cabo Frio, Praia Privativa, Rio de Janeiro, Ilhabela e Santos

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em: Abril de 1992 Local de construção: Meyer Werf, Papenburg, Alemanha.
Nomes e companhias anteriores: Zenith (Celebrity Cruises).
Custo Original: 210 milhões de dólares.    
Índice Passageiro/Espaço: 26,2 m² por passageiro.
Capacidade Máxima: 1,800 passageiros. Velocidade: 21,5 nós
Comprimento: 207,59 metros Largura: 29 metros
Bandeira: The Bahamas Tonelagem: 47.255 t.
Navios Gêmeos: Horizon.
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,343 pontos (de 2,000 possíveis) ou 3+ estrelas.

Sovereign (Soberano)
Companhia: Pullmantur Cruises (Origem Espanhola, mas parte do grupo americano Royal Caribbean International).
Perfil do Público: Famílias com crianças, casais e grupos de amigos.
Diferenciais: Já foi o maior navio do mundo, hoje é só um navio mediano, mas por seu passado, possui muito prestígio no exterior. 
Pontos Negativos: Possui um índice espaço/passageiro baixo, devido a sua elevada capacidade de passageiros. 
Porto-base: Santos, com embarque no Rio e em Salvador em algumas viagens.
Cidades de Escala: Recife, Salvador, Ilhéus, Búzios, Rio de Janeiro e Santos.

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em: Janeiro de 1988 Local de construçãoChantiers de l'Atlantique, St. Nazaire, França.
Nomes e companhias anteriores: Sovereign of the Seas (Royal Caribbean).
Custo Original: 183,5 milhões de dólares.    
Índice Passageiro/Espaço: 25,3 m² por passageiro.
Capacidade Máxima: 2,882 passageiros. Velocidade: 19 nós
Comprimento: 268,2 metros Largura: 32,3 metros
Bandeira: The Bahamas Tonelagem: 73,192 t.
Navios Gêmeos: Majesty e Monarch of the Seas
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,219 pontos (de 2,000 possíveis) ou 3 estrelas.

Ocean Dream
Companhia: Pullmantur Cruises (Origem Espanhola, mas parte do grupo americano Royal Caribbean International).
Perfil do Público: Famílias com crianças, casais e grupos de amigos.
Diferenciais: É o único navio a fazer escala em Fernando de Noronha, e o único a operar exclusivamente no Nordeste. Já operou no Brasil como Costa Tropicale.
Pontos Negativos: Será o mais antigo navio a operar no Brasil na próxima temporada. 
Porto-base: Recife, com embarque também em Natal e Fortaleza em algumas saídas.
Cidades de Escala: Fortaleza, Natal, Fernando de Noronha, Recife, Maceió e Salvador.

Ficha Técnica:
Entrou em serviço em: Junho de 1982 Local de construçãoAalborg Vaerft, Aalborg, Dinamarca.
Nomes e companhias anteriores: Tropicale (Carnival Cruise Line), Costa Tropicale (Costa Crociere), Pacific Star (P&O Australia).
Custo Original: 100 milhões de dólares.    
Índice Passageiro/Espaço: 26 m² por passageiro.
Capacidade Máxima: 1,350 passageiros. Velocidade: 21 nós
Comprimento: 204,76 metros Largura: 26,45 metros
Bandeira: The Bahamas Tonelagem: 35,190 t.
Navios Gêmeos: Nenhum.
Classificação segundo o guia Berlitz: 1,110 pontos (de 2,000 possíveis) ou 3 estrelas.


Para comparar com os navios da MSC clique aqui. Para comparar com os da Costa e Ibero, clique aqui

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Daniel Capella e Divulgação.

 

©2013 Design por Ray Câmara