Douro Azul lançará dois navios em 2014

|

Rio Douro
Ao contrário do resto da Europa, onde há muitos estaleiros fluviais e personagens relacionados, em Portugal há apenas um, a Douro Azul, com a qual todas as companhias fluviais americanas trabalham.

"Meu modelo de operação é que eu não quero vender no varejo", disse Mário Ferreira, fundador e CEO da Douro Azul, durante uma entrevista em Porto no início deste mês, entre mordidas de sardinhas assadas na área externa dos escritórios recém reformados da companhia. "Quero focar na operação... e nós ajustamos nossa operação para cada marca, de modo que cada navio é único no design e na concepção."

Ferreira constrói os navios fluviais que navegam no rio Douro, mas não os vende; eles permanecem sob propriedade da Douro Azul, e são fretados para outros operadores. Essa é a maneira que a Douro Azul prefere para fazer negócios e, portanto, essa é a forma que as linhas fluviais americanas encontram para fazer negócios por lá.

Novos navios serão operados pela Viking River Cruises
que anunciou, recentemente, que também entrará no mercado
de cruzeiros marítimos. Clique aqui para ver.
"Eu posso crescer mais rápido dessa maneira", disse ele. "E eu acredito que eles não estarão competindo comigo, assim como eu não irei competir com eles. Todo mundo acaba feliz."

Tal como no resto da Europa, a Douro Azul está vendo uma crescente demanda por novos navios e, conseqüentemente, introduziu duas novas embarcações no mês passado e lançará mais dois no próximo ano.

No final de março, a Douro Azul organizou uma cerimônia de batismo dupla com presença de estrelas de cinema (clique para ver) para o Amavida que tem capacidade para 106 passageiros, e que operá fretado para a AmaWaterways por pelo menos cinco anos, o Queen Isabel, que acomoda 118 passageiros, e foi fretado pela Uniworld Boutique River Cruise Colecction. 

Os novos navios de cruzeiro no rio estão realizando um circuito clássico pelo Rio Douro, entre Porto e Vega Terron, Espanha, através da famosa região vinícola do Douro, Patrimônio Mundial da Unesco.

Os dois navios Douro Azul vai lançar no próximo ano serão afretada pela Viking River Cruises (por enquanto, a Viking está fretando o Douro Viking, com capacidade para 124 passageiros, antes nomeado Douro Spirit,  lançado em 2011, e que até então era fretado para a Uniworld).

Ferreira disse que os novos Vikings estreantes em 2014 terão 53 cabines cada e um design diferente do dos últimos navios, mas não deu mais detalhes.

De acordo com Ferreira, é possível construir um navio em Portugal com um valor entre 16.300 mil dólares e US $ 17 milhões. Os navios fluviais em Portugal são consideravelmente menores do que os da Europa devido ao bloqueio restrições sobre o Douro, mas o preço é cerca de metade do praticado no restante da Europa. 

"Se é assim, por que não exportar embarcações?" Ferreira disse, falando timidamente sobre oportunidades de negócios futuros para além de Portugal.

Texto (©) Copyright Travel Weekly (adaptado).
Imagens (©) Copyright Nuno Ramos e Viking.

Termina a temporada 2012/2013; 20 navios fizeram escala em Santos.

|

Apesar da expectativa de movimentar mais passageiros, e de fazer outra temporada recorde, o Concais fechou 2012/2013 com números expressivos, mas semelhantes aos das últimas temporadas. Cerca de 845 mil passageiros passaram pelo terminal, entre embarques, desembarques e trânsito. O terminal esperava receber 1,1 milhão, número bem semelhante ao da temporada anterior, 2011/2012, isso porém não foi possível. Na temporada encerrada na segunda-feira, o Concais operou durante 104 dias, atendendo a 211 escalas, realizadas pelos dezenove diferentes navios a baixo. O dia de maior movimentação foi 9 de Fevereiro, quando sete navios embarcaram para cruzeiros de Carnaval.
O primeiro navio a atracar em Santos desde Maio de 2012, foi o AIDAcara, que chegou nas primeiras horas do dia 9 de Novembro, e deixou a cidade somente depois das 22 horas. Ao contrário de temporadas passadas, o navio que é destinado ao mercado alemão fez somente mais uma escala na cidade em Dezembro, e seguiu de volta para a Europa. 
Logo depois, no dia 13 de Novembro foi a vez do MSC Magnifica protagonizar a primeira estréia da temporada. O mais novo navio da classe Musica nunca havia estado no Brasil antes foi o segundo navio a chegar e embarcou na cidade até o final de Março. 
No dia seguinte, 14 de Novembro, o Grand Mistral, da Iberocruceros retornou para sua oitava temporada consecutiva no Brasil. Realizou até o começo de Março vários roteiros para o Nordeste e Prata, sempre e quase exclusivamente, com embarque em Santos.
No dia 27, o Grand Celebration, que em outras temporadas ficou baseado em Santos, realizou sua única escala da temporada na cidade. Finalizando sua travessia atlântica, deixou a cidade naquele mesmo dia e seguiu para Buenos Aires, seu porto-base.
Neste mesmo dia, a mais esperada estréia da temporada aconteceu. O dia 27 também marcou a primeira escala do MSC Fantasia em Santos. Maior navio da temporada, o colosso da MSC Crociere realizou roteiros semanais ao Nordeste até o início de Março, quando retornou para a Europa. 
Um dia depois, o primeiro navio da Pullmantur chegou para a temporada 2012/2013. O Empress, surpreendeu com uma inesperada nova aparência azulada, e bem diferente da anterior. Foi um dos navios que mais escalou na cidade na atual temporada, empatado com o Zenith e o Splendour, em segundo lugar com 25 escalas.
Visitante ilustre, o Seven Seas Mariner realizou três escalas em Santos nesta temporada, a primeira, aconteceu no dia 29 de Novembro. Retornou depois em Novembro, e mais tarde em Fevereiro, sempre em cruzeiros internacionais com passageiros em trânsito. 
O Zenith chegou envolto em mistério. Esperava-se que também tivesse as novas cores da Pullmantur. Mas no dia 5 de Dezembro, o que se viu foi um navio ainda com com a mesma chaminé vermelha e logo ñ que ostentou nas últimas temporadas. Fato, depois explicado por sua futura transferência para outra marca do grupo Royal Caribbean. 
Diferente do Zenith, o Sovereign chegou no dia seguinte, 8 de Dezembro, com o novo casco azul e logo ondulado. Maior navio da frota da Pullmantur, realizou cruzeiros para o Nordeste, interporting no Rio de Janeiro até meados de Março.
Talvez o mais tradicional navio no Brasil, e único da Royal Caribbean a escalar no Brasil em 2012/2013, o Splendour of the Seas chegou no dia 9 de Dezembro. Após uma longa temporada, foi o responsável por encerrar a temporada na última segunda-feira (clique aqui para ver mais fotos). 
Em 12 de Dezembro de 2012, data simbólica, o Marina, da Oceania Cruises fez sua estréia em Santos. Em longo cruzeiro entre a Europa e a Polinésia. Construído em 2010, realizou apenas esta escala na cidade, abrindo a temporada sul-americana da Oceania que teve continuidade mais tarde com o Regatta.
Também só de passagem esteve o Costa Serena, que após sua temporada de estréia, 2010/2011, retornou a Santos somente para duas escalas, enquanto se encaminhava ou voltava de seu porto-base Buenos Aires. Fez escala somente em 11 de Dezembro e 27 de Março. 
Primeira novidade das duas que a Costa Crociere trouxe para a temporada 2012/2013, e segundo dos quatro que a companhia trouxe a chegar, o recém inaugurado Costa Fascinosa, possuía pouco mais de oito meses quando aportou pela primeira vez no Concais, em 13 de Dezembro. Na próxima temporada, em compensação será o único navio da Costa na cidade. 
Presença sempre constante, a SilverSea trouxe nesta temporada somente o Silver Cloud, que fez apenas uma escala em 17 de Dezembro, durante cruzeiro internacional. Com passageiros em trânsito, realizava cruzeiro entre Buenos Aires e Rio de Janeiro.
Três dias depois da estréia do Fascinosa, foi a vez de seu irmão mais velho Costa Favolosa chegar para a temporada. A outra estréia da Costa para a temporada, o Favolosa realizou cruzeiros semanais ao Nordeste até o início de Março e foi palco do cruzeiro Emoções em Alto Mar, de Roberto Carlos. 
No dia seguinte, o último navio a se juntar aos que iriam realizar roteiros regulares chegou. O Costa Fortuna,  embarcou em Santos para roteiros para o Prata pela terceira vez seguida, realizando sua quarta temporada sul-americana, já que tinha estreado no Brasil em 2006/2007.
Depois do Fortuna, só em Fevereiro novos navios chegaram a Santos. No dia 09 foi a vez do Regatta, da Oceania Cruises, fazer sua estréia em Santos. O navio, parte da R-class, substituindo o Insignia (foto), que esteve fretado a Hapag-Lloyd Cruises da Alemanha. Além da inaugural, realizou outras duas escalas em Santos.
Logo em seguida, no dia 10, um navio inesperado chegou pela primeira vez ao porto: o Adonia da P&O Cruises. Após cancelar a escala em Buenos Aires por conta dos problemas diplomáticos entre a Argentina e a Inglaterra, país de seu armador, o Adonia programou uma escala em Santos, fazendo a primeira escala da P&O na cidade em mais de uma década. Curiosamente, o Adonia é parte da mesma R-class que o Regatta, que estreou dias antes no porto. 
Logo em seguida, no dia 2 de Março, o Voyager, da Voyages of Dicovery, chegou a Santos pela primeira vez. Em viagem inaugural por sua companhia, o navio realizou um cruzeiro bastante completo pela América do Sul e Caribe, com escala nos principais portos dessas regiões, incluindo Santos. 
No dia 4, somente dois dias após a estréia do Voyager, foi a vez do Crystal Serenity entrar no porto de Santos pela primeira vez. O navio bastante luxuoso da Crystal Cruises acabou adiantando sua escala que estava prevista para o dia 5, e chegou na tarde do dia 4, realizando uma escala com pernoite, a única da temporada (com passageiros). 

Além desses vinte navios, também estavam previstas escalas em Santos do Prinsendam, da Holland America Line, e do l'Austral, da Compagnie du Ponant. Nenhuma dessas, infelizmente, ocorreu, e o total de navios da temporada 2012/2013 acabou ficando abaixo da 2011/2012, quando o porto recebeu 23 navios. Veja em breve mais detalhes sobre o cancelamento da escala do Prinsendam, fornecidos pelo Concais. 

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Heitor Guedes (Crystal Serenity) e Daniel Capella (demais).

Maranhão quer receber navios de cruzeiro em sua capital.

|

O Splendour of the Seas foi um dos poucos navios a escalar São Luís desde o início das temporadas regulares em 1998. O navio da Royal Caribbean escalou na capital do Maranhão em dezembro de 2000, em cruzeiro entre Miami e Santos, seu primeiro em águas sul-americanas. Para ver mais sobre esta história, clique aqui.  
Uma reunião realizada esta semana marcou novas discussões sobre a inclusão de São Luís na rota de cruzeiros marítimos nacionais e internacionais. O objetivo foi traçar metas, visitas e avaliações técnicas sobre a infraestrutura e potencial turístico das águas ludovicenses.

O encontro, realizado na cidade de Santos (SP), ocorreu entre o secretário adjunto de Turismo, Guilherme Marques, e representantes da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), das companhias marítimas que operam a rota de cruzeiros em águas brasileiras e da Empresa Maranhense de Portos (Emap).

Durante a reunião foram apresentadas a estrutura portuária de São Luís e as potencialidades turísticas da cidade, dando ênfase à história, gastronomia e cultura. Sendo esta última, um dos pontos mais característicos de São Luís, fundamental para apresentar aos passageiros que ocasionalmente aportariam no Itaqui.

A inclusão de São Luís na rota dos cruzeiros nacionais e internacionais é um projeto a longo prazo, uma vez que as programações para formatação dos roteiros necessitam de, pelo menos, um ano de antecedência.

Por conta disso, uma nova reunião ficou agendada para o mês de julho, em São Luís, com a Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e Emap. E até dezembro está prevista a visita de técnicos da Abremar e das empresas marítimas de cruzeiros para conhecer de perto os aparelhos turísticos da capital do Maranhão.

Segundo Guilherme Marques, o projeto é ambicioso e passivo de sucesso, com planejamento criterioso e execução a longo prazo. “São Luís é uma ilha, e, por assim ser, deve se cercar de iniciativas propositivas e audaciosas. Pensando nisso, estamos nos reunindo desde o começo do ano com as pessoas responsáveis no Brasil pela formatação das rotas dos cruzeiros. O projeto é algo concreto e balizado em nossas potencialidades”, reforçou.

Além do secretário adjunto de Turismo, Guilherme Marques, participaram da reunião João Tomaz, executivo da Abremar, e Claudio Carneiro, vice-presidente da Abremar, Dario Parazzoli, diretor no Brasil da Costa Cruzeiros e Ibero Cruzeiros, Letícia Santos e Dario Dantas, da Royal Caribbean, além de Daniel Vicent e Renata Itapary da Emap.

Texto (©) Copyright Jornal Pequeno.
Imagem (©) Copyright Daniel Capella.

Cerca de 846 mil passageiros estiveram no Concais na temporada 2012/2013.

|

Splendour encerrando temporada. 
Nesta segunda-feira, 22 de abril, o Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini- Concais recebeu o Splendour of the Seas, último navio da temporada que teve início no dia 9 de novembro de 2012. Durante o período, o terminal recebeu em torno de 846 mil passageiros entre embarque, desembarque e trânsito.

O Concais atendeu 20 navios, com um total de 211 escalas, em 165 dias corridos de temporada e 104 dias de operação, representando uma taxa de 63% de utilização do terminal, neste período. Ao longo da temporada 2012/2013, passaram em média 8 mil passageiros por dia de operação.

Entre os dias de maior movimento destacou-se o dia 9 de fevereiro, quando o Porto de Santos recebeu 8 transatlânticos em operação especial para o Carnaval, movimentando 37 mil passageiros entre embarque, desembarque e trânsito. Ainda em fevereiro, no dia 16, foi registrada a passagem de 27 mil pessoas, quando 6 navios atracaram no complexo. “Para receber este grande número de pessoas foram realizadas várias reuniões com autoridades e outros intervenientes na operação de navios de passageiros, e o resultado foi bem positivo”, declarou o diretor de operações do Concais, Flávio Brancato.

Vale também o destaque para os sábados de dezembro e janeiro, dias em que a média do fluxo de passageiros foi de 23 mil por dia.

Operação
“O regramento de entrada de ônibus e outros veículos regulamentados de transfers dos passageiros, no pátio do terminal, assegura a eficiência da operação. A mudança do fluxo de trânsito separando a chegada de quem vem pelo sistema Anchieta – Imigrantes foi importante para a operação. O projeto foi elaborado pela CET, o Concais providenciou a confecção das placas e a instalação foi feita pela CODESP. A temporada foi tranquila e satisfatória de forma geral. A cada ano a logística é aprimorada e a qualificação dos profissionais da equipe do Concais certamente traz bons resultados. Atribuímos ainda o sucesso a todos que trabalharam para o atendimento aos passageiros, autoridades, empresas terceirizadas, empresas de fretamento, etc.”, diz Brancato.

O terminal também se destaca pelo compromisso com o meio ambiente e o apoio constante à ações de conscientização socioambientais. Uma dessas ações foi a participação de atores caracterizados como personagens temáticos durante a temporada. Além de auxiliarem na operação, eles também conscientizaram os turistas sobre questões como descarte correto do lixo e prevenção da dengue.

Cais Outeirinhos 
Trecho em que as obras já começaram em Fevereiro. 
Na época, várias das estacas que serviram de base para o
novo cais já haviam sido instaladas.
Já em andamento, a obra de alinhamen- to do Cais de Outeirinhos é um investi- mento do Governo Federal, por meio da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), que possibilitará a atracação contínua de 6 navios em frente ao Concais. Serão 1.320 metros lineares de cais e a faixa primária atingirá até 50 m de largura. A obra possibilitará o traslado de passageiros, em embarque e desembarque, na parte interna do cais santista, o que reduzirá o fluxo de veículos na malha viária.

Texto (©) Copyright Assessoria de Imprensa Concais.
Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

MSC lança versão de seu site para celulares e tablets

|


A partir de agora, quem acessar o site www.msccruzeiros.com.br através de um smartphone ou tablet de até oito polegadas vai encontrar um novo site otimizado para dispositivos móveis, com uma navegação mais intuitiva e simples, desenvolvida pensando na agilidade que o consumidor busca ao acessar um site através de um dispositivo móvel.

A versão móvel está disponível tanto para celulares com plataforma IOS como Android e não há necessidade de baixar nenhum aplicativo, pois a própria página da armadora reconhece o aparelho e apresenta a versão com a resolução adequada.

Essa edição móvel conta, ainda, com uma ferramenta para busca de cruzeiros, relacionando valores e itinerários; display com as principais ofertas da companhia; além de oferecer a possibilidade do usuário migrar para a versão tradicional do Portal. Os mais curiosos ainda podem conferir pelo próprio aparelho vídeos em HD ou, ainda, realizar um tour virtual pelos navios da frota da companhia.

O novo site conta com diagramação vertical e horizontal, ou seja, as imagens são reajustadas dependendo da posição da tela em relação ao usuário.


Texto e Imagens (©) Copyright MSC.

Splendour of the Seas faz última escala de 2012/2013 e encerra temporada em Santos

|

Na segunda-feira, dia 22 de Abril, o Splendour of the Seas, da Royal Caribbean Inter- national, esteve em Santos, e encerrou a temporada 2012/2013 de cruzeiros no Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, o Concais, em Santos. O Splendour era o único navio a continuar na América do Sul desde que o Empress partiu para a Europa, há cerca de 10 dias. Agora, segue os passos de seu ex-companheiro de frota.
Antes do dia 22, havia estado no Concais para realizar embarque para um mini-cruzeiro de três noites com destino a Búzios e Ilha Grande, no dia 19, sexta-feira. Na segunda, desembarcou os passageiros deste cruzeiro, e seguiu em sua travessia atlântico, que o levará para a Europa, onde mais uma vez realizará temporada. Sua viagem transatlântica, de 13 noites tem um roteiro não muito usual, e no mínimo não muito completo. Após a partida de Santos, só haverá escala em Recife, no dia 25, e em St. Crus de Tenerife e Arrecife, nas Ilhas Canárias antes da chegada a Barcelona, no dia 5 de Maio. 
De Barcelona, segue para Veneza, seu tradicional porto de embarque no Mediter- râneo, onde fica até meados de Novembro, quando parte novamente para a Espanha, e de lá retorna a Santos para mais uma temporada sul-americana. A temporada 2012/2013 foi a oitava temporada do Splendour com embarque em Santos. Desde Dezembro, realizou 25 escalas no porto, na maioria das vezes, partindo para cruzeiros semanais para o Prata. Nos cinco meses de temporada também realizou vários mini-cruzeiros e alguns roteiros ao Nordeste.
 Texto e Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

Blog atinge 700,000 visitas, e volta suas atenções ao futuro.

|

No segundo dia do atual mês, Abril, o blog WorldCruises.com atingiu mais uma significativa marca em seu histórico de visualizações. Após 3 anos e meio online, o blog atingiu 700,000 visualizações, em suas quase 2,000 postagens. Agradecemos a nossos leitores que tornaram mais esse marco em nossa história possível. Comparativamente, havíamos atingido a marca de 400,000 visualizações em Março de 2012, ou seja, em pouco mais de um ano, foi possível aumentar em cerca de 40% o número de visitas dos dois primeiros anos do blog, que surgiu em Agosto de 2009. No Facebook, estamos próximos de chegar aos 800 fãs de nossa page, que atualmente conta com 788 seguidores. E a tendência é que todos esses números aumentem ainda mais até a próxima temporada com as novidades que virão por aí. 
Futuro
Aproveitamos para apresentar a nossos leitores em primeira mão um esboço de como ficará o blog WorldCruises.com após seu aniversário de quatro anos, em agosto. A mudança na aparência, que manterá as características e qualidades da atual, mas trará benefícios e mais praticidade e opções, é um dos principais passos da monetização do blog, que tornará todo o trabalho mais profissional e abrangente. Além das novas funcionalidades, a nova aparência trará espaço para 8 anunciantes, que terão a oportunidade de exibir suas marcas na página inicial do maior e mais famoso blog sobre cruzeiros e turismo marítimo do Brasil. É interessante ressaltar que o WorldCruises.com oferece um espaço único para anúncios relacionados ao mercado de cruzeiros, já que o público do blog é exclusivo, e quase inteiramente ligado a esse segmento, seja por trabalho ou por lazer. 

WorldCruises.comPara nos ajudar nessa empreitada, estamos considerando a contratação de um Assistente de Marketing. A função, remunerada, seria responsável por captar anunciantes, e tudo relacionado aos novos anúncios. Quem tiver interesse em anunciar conosco, pode enviar sua proposta para danielp.capella@gmail.com ou para world.cruises1@gmail.com Quem tiver se interessado no novo cargo que deveremos criar, também pode entrar em contato por um destes e-mails ou comentário. Para ocupar essa função, que, reafirmamos, é remunerada, a princípio não será necessário ter experiência em marketing. Está em estudo também a compra de um domínio após a criação da nova aparência. 

Nova assinatura Navios por Dentro
Ocean Countess será o primeiro navio retratado na série
A partir de Maio, todo 1º dia de um mês verá uma nova postagem da série Navios por Dentro, de Rui Agostinho. Rui, que é um dos maiores fotógrafos de navios de Portugal, nos enviará mensalmente imagens dos interiores de algum dos navios que já tenha ido a bordo, para a nova série. Terão preferência, navios que não escalam regularmente no Brasil, como o Ocean Countess, que abrirá a série no próximo dia 1. A idéia é mostrar ao público brasileiro mais dos navios de cruzeiro como um todo, e não só dos que fazem cruzeiros no país como muitas vezes acaba ocorrendo.

Além das fotos de Rui Agostinho, o principal editor do blog, Daniel Capella, contará um pouco da história dos navios retratados. Poderão figurar na série também navios que já realizaram temporadas no Brasil e agora estão servindo outros mercados, como o caso do ex-Grand Voyager, que já realizou várias temporadas no país, e hoje opera roteiros no Mediterrâneo e Mar Vermelho para o mercado francês e italiano.

Pretendemos também, em breve, excursionar pela Europa, para trazer mais informações e muitas fotos de portos portugueses, espanhóis, italianos e franceses. Para isso, porém, será fundamental levantar fundos com os anúncios. A intenção desses, aliás, é, entre outras coisas, poder com o lucro gerado, melhorar o conteúdo, e os equipamentos do blog como um todo.

Movimento de navios de cruzeiro em Santarém

|

Fotos recentes do movimento de navios de cruzeiro em Santarém, segunda cidade em população e  importância no Pará. Situada na região Norte do país, assim como a capital do estado, Belém, Santarém recebe navios de cruzeiro em viagem internacional pelos rios da Bacia do Amazonas, muitos deles iniciados em algum porto do sul do Caribe ou em Manaus.

Sete navios escalam Lisboa simultaneamente.

|

No último dia 17, o porto de Lisboa, Portugal, recebeu sete navios de cruzeiro ao mesmo tempo. A partir do mês de Abril, a capital portuguesa passa a viver sua alta temporada de cruzeiros, recebendo escala de navios em viagem posicional para o Norte da Europa, além de navios ingleses e italianos em temporada pelo Mediterrâneo e Ibéria. Um representante dessa modalidade é o Aurora, da P&O Cruises, que tem como porto-base o porto de Southampton, na Inglaterra, e escala na cidade portuguesa ocasionalmente em roteiros com destino a próprio península ibérica, ou ao Mediterrâneo.  
Além do Aurora, esteve na cidade o Indepen- dence of the Seas, da Royal Caribbean Inter- national, em operação semelhante a do Aurora, com base em Southampton. Um terceiro representante desse tipo de cruzeiro foi o Boudicca da Fred. Olsen Cruises, que assim como Aurora e Independence, serve o mercado inglês, com viagens de ida e volta a um de seus portos.
Além desses três, marcou presença no porto a Costa Crociere, com o Costa Fortuna, que recentemente realizou a temporada brasileira 2012/2013. Completaram a lista de navios na cidade os luxuosos The World, que realiza anualmente cruzeiros de volta ao mundo para quem adquiriu anteriormente uma de suas várias cabines-apartamento, e o veleiro Star Clipper, em viagem posicional para o Báltico, onde fará temporada.
 Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Rui Minas Agostinho.

 

©2013 Design por Ray Câmara