Costa Cruzeiros anuncia temporada 2016/2017 na América do Sul

|

A Costa cruzeiros anunciou os navios para a temporada 2016/2017 na América do Sul. a  maior novidade será a vinda do Costa neoRiviera, o antigo Grand Mistral que atualmente faz parte da frota da Costa e que já visitou o Brasil em temporadas passadas operando pela Ibero cruzeiros. 

Tal anúncio já era esperado nesses tempos de crise econômica e dólar alto e com isso a Costa Cruzeiros diminui consideravelmente a oferta na América do Sul, apesar de manter sua tradição no mercado brasileiro e sul americano. Veja nossa matéria sobre o assunto clicando neste link. Além do neoRiviera a Costa anunciou a vinda do Costa Mediterranea, que ao que tudo indica, terá embarques exclusivos em Buenos Aires e Montevidéu. Assim, a príncipio o neoRiviera ficaria responsável pelos roteiros rumo ao Nordeste brasileiro com embarques em Santos e Rio de Janeiro, além de cruzeiros temáticos. Assim, não deveremos ter embarques no Brasil em direção ao Prata, o que pode ser frustrar os cruzeiristas interessados em viajar para aquela região e visitar lugares como Buenos Aires e Punta del Este, destinos tradicionais para os brasileiros. O interessante é que o Costa Mediterranea deverá realizar um roteiro clássico rumo à Terra do Fogo e Ushuaia em um cruzeiro de 15 noites. Contudo,  o anuncio é muito recente e ainda não temos informações detalhadas  sobre roteiros e valores mas todas as novidades serão divulgadas aqui no portal. 

Veja algumas informações complementares sobre o anúncio da Costa cruzeiros aqui: www.cruzeirosmaritimosemdestaque.blogspot.com


Texto: S. Brandão
imagem: Costa cruzeiros - todos os direitos reservados

16 comentários:

Anônimo disse...

Só se confirmam as previsões, já que aqui o encanto acabou. Há anos as coisas só pioram, e os governantes acham desnecessário qualquer tipo de estímulo, afinal temos uma natureza exuberante e Deus é brasileiro.

Roberto Caldeira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Lamentável, apesar da crise econômica, uma empresa como a Costa que já trouxe 4 navios novos com mais de 100 mil toneladas. Interessante que a MSC, com melhores serviços e belos navios, contando ainda com o diferenciado "Yatch Club", ainda investe no Brasil...

Anônimo disse...

Não vão vender nada!!!Ou mudam e mandam mais um navio ou todos irão migrar pra MSC. Opção limitada apenas ao nordeste, navio velho, sem roteiro ao Prata...Pffff grande novidade temporada maior na América do Sul, antigamente era até o fim de março tbm, seria temporada maior se fosse até maio!Costa ruim desse jeito é melhor viajar de Pullmantur entao que é mais barato kkkkkkkk pq velho por velho...O mais incrível ainda é deixar o Mediterranea pros Arg e Uru e esse navio pra nós...

Anônimo disse...

Na moral, fiquei muito indignado agora. Sem comentários, Costa nunca mais!

Roberto F. Morenno disse...

Nossa! Que merda é essa? Costa NeoRiviera?????? O menor navio da frota? Fica difícil se empolgar com a Costa Cruzeiros. E essa desculpa de ser difícil investir no Brasil deve ser ladainha, pois MSC vai trazer para cá na temporada 2016/2017 nada mais nada menos do que o MSC Preziosa, o mais novo navio de sua frota! O jeito é migrar para MSC mesmo. Decepcionante, Costa Cruzeiros!

Andre Cardoso disse...

Pessoal, já fui bem "puxa saco" da Costa, talvez por minha primeira viagem em Navio ter sido feita com o Costa Victoria em Jan/2006. Já fiz duas vezes Costa Fortuna, Costa Mediterranea (melhor Costa pra mim até hoje), Costa Concordia, Costa Mágica e Costa Favolosa (FEV/15). Tenho Costa Diadema marcado para 4 de Junho. Mas sou obrigado a concordar. Para mim existia um abismo entre Costa e MSC, ao menos até 2010. Produção dos shows da Costa eram melhores, comida era melhor, atendimento melhor. A única coisa que sempre gostei mais na MSC era a escolha da decoração e talvez a parte musical nos bares. Mas como disse, acho que a Costa já foi a melhor a operar no Brasil. Não mais. Falando em navios de grande porte, que são os mais populuares por aqui, não existe comparação entre MSC Fantasia, Preziosa e Splendida com a Classe Destiny da Costa. Sem contar a decoração muito mais sóbria e elegante, o layout da MSC ficou muito melhor com a classe Fantasia. Principalmente quando falamos em layout do buffet. O sistema de "estações" da MSC gera menos fila. Acho que copiaram um pouco dos "windjammers" da Royal. Infelizmente a Costa decaiu muito. No meu último Costa em Jan/15 para o Prata, ano passado, cheguei a achar os shows bem fracos em performance. Acredito que a melhor companhia a operar hoje no Brasil em questão de serviços e comida é a Royal. Pena trazer navios tão velhos. Mas são muito bons mesmo assim. Geram menos aglomero ao menos. Fiz Splendour rumo ao prata em Jan/08. A comida estava ótima, a melhor que já tive em navios no Brasil. Pena os shows serem limitados devido ao pequeno teatro. Nunca fiz um navio da Celebrity, Princess. Mas posso afirmar uma coisa. Se compararmos os serviços oferecidos no Brasil com o Oasis e Allure que fiz respectivamente em Mar/11 e Abr/14, daí infelizmente o abismo fica muito maior.

Andre Cardoso disse...

Outra coisa. Acho que a MSC deveria emfim colocar a Classe Fantasia para fazer o Prata. Ao menos intercalando com o Nordeste. Eu com certeza compraria. Fiquei todo empolgado esse ano com o Splendida. Pena ter sido no início de Dezembro sua saída ao Prata. Se fosse em Janeiro ou Fevereiro certamente me teriam como passageiro. Mesmo assim, embarco no Splendida dia 20 de Fev. Não me empolgo em fazer mais uma variação da Destiny para o Prata, muito menos para o Nordeste

Anônimo disse...

Não adianta reclamar, para as Cias o que vale é o dinheiro. Tivemos sorte dos chineses, somente agora, abriram os olhos para os cruzeiros.

cj disse...

Viajei no Msc Divina em 2014 até Miami durante 19 noites e o navio,os shows,a comida, simpatia e eficiência de todos foram dignas de nota. Depois de navegar na classe fantasia,fica muito difícil se contentar com outros menores, como o Lírica onde fiz um cruzeiro de 6 noites para o nordeste, mas era o único da cia. no RJ.Acho que se essa tendência de diminuir o tamanho e as opções persistir as pessoas mudam de cia. ou de país para embarcar.

Anônimo disse...

A cabine do neoRiviera está mil reais mais barata que o Preziosa. Será que é o suficiente?

Anônimo disse...

Será no mesmo roteiro e tipo de cabine? Já lançaram o catálogo do Neo Riviera?

Anônimo disse...

R$ 12.000 em uma interna pra 4 pessoas (3 adultos e 1 criança)
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Esse povo da Costa tá de brincadeira!

Anônimo disse...

Durante mais de 20 anos Costa Crociere era praticamente á única a operar no Brasil, como tantas instabilidades econômicas: Plano Cruzado, Plano Verao, Inflação a 80% ao mês etc. O Roberto já tinha dado um teaser de que não estava confirmada a vinda de navios, dólar alto etc. Para mim já era claro que a Costa Crociere traria um navio neo, apesar de reformado. Mas convenhamos quem viajou no Favolosa meses depois de sua inauguração ou no Fascinosa, não dá para encarar o Grand Mistral, versão update neoEstilizado. O pior de tudo é saber que o Mediterrânea vai servir o cone sul. Agora caro por caro, o dólar na Argentina está muito mais caro que aqui. E o país apenas começou uma abertura depois de anos de recessão.Essa estratégia me leva a crer que a Costa jogou a toalha e assumiu que a MSC realmente está dando as cartas no Brasil. Aliás, não vamos nos esquecer de que a Costa é parte de um grupo americano, a Carnival.E que de italiana só a sede em Genova e os registros dos navios.Uma pena. Mas como todos os anos Costa promove mudanças, pode ser que eles repensem. Fail!

Anônimo disse...

Americanos são muito pragmáticos!

Antonio Fernando Camargo Ferraz disse...

O importante em um navio de cruseiros nao e o tamanho dele e sim o srvico que ele oferece aos seus passageiros.

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara