Em cerimônia em estaleiro, MSC confirma mais dois navios para a classe Meraviglia

|

A MSC confirmou recentemente que a classe Meraviglia terá quatro navios. Os dois últimos navios, que ainda careciam de confirmação, serão maiores que os dois primeiros, e serão entregues em 2019 e 2020 pelo estaleiro francês STX, que também construirá os dois primeiros. 

No começo deste mês, durante a cerimônia da moeda do MSC Meraviglia, realizada em St. Nazaire, na França, a MSC Crociere confirmou a encomenda de mais dois navios da classe Meraviglia, no estaleiro STX France. Modificadas, as embarcações serão chamadas Meraviglia Plus e serão maiores em tamanho e tonelagem, cada uma com 2.444 cabines e capacidade total para 8 mil pessoas (incluindo hóspedes e tripulantes).

As entregas destes navios estão previstas para outubro de 2019 e setembro de 2020. Os dois primeiros navios da classe Meraviglia serão entregues em 2017 e 2019. Os dois navios adicionais estavam previstos no contrato original assinado com o estaleiro, mas ainda careciam de confirmação, e previam navios idênticos aos dois originais.

Além de confirmar as construções, a MSC anunciou uma novidade a bordo dos navios. Segundo a companhia, pela primeira vez na indústria, museus de arte clássica e contemporânea estarão disponíveis em alto-mar, a bordo dos navios Meraviglia Plus.

Cerimônia da moeda
Realizada no estaleiro STX France – com a presença do Ministro francês da Economia, Indústria e Setor Digital, Emmanuel Macron, o Prefeito de Le Havre, Edouard Philippe, e um membro do Parlamento – a tradicional e secular cerimônia deu a oportunidade de apresentar à mídia e outros parceiros a evolução da construção do MSC Meraviglia, cuja entrega está prevista para Junho de 2017.

“A parceria de longa data com o STX France e o contínuo crescimento de nosso negócio me permitem confirmar, antecipadamente, a opção para construção de dois navios adicionais. As duas embarcações Meraviglia Plus serão maiores e mais ricas em recursos e amenidades, reforçando a posição da MSC como a companhia mais inovadora da indústria no que se refere ao design de seus navios e experiência que proporciona aos seus hóspedes”, comenta Pierfrancesco Vago, Presidente da MSC Crociere.

“Construído em Saint Nazaire, assim como os demais navios da frota MSC, o MSC Meraviglia também será inaugurado na França, comprovando os fortes laços entre o grupo MSC e o país. A encomenda de dois novos navios da classe Meraviglia, com entrega prevista para 2019 e 2020, a qual estamos celebrando hoje, é mais uma prova da lealdade da MSC com os estaleiros de Saint Nazaire e o reconhecimento da excelência e expertise da equipe e seus parceiros” afirma o Ministro Emmanuel Macron.

O Presidente do STX Frace, Laurent Castaing, comenta: “Essa encomenda prorroga esta parceria única e excepcional que estabelecemos com a MSC Crociere ao longo dos anos e com a construção de seus navios. A prova está na qualidade do nosso relacionamento com um cliente exigente que confia em nós e na experiência adquirida pelas nossas equipes durante os projetos, as quais aprenderam juntas a inovar, para proporcionar à frota da MSC os mais altos níveis de modernidade, performance e segurança. Estamos muito orgulhosos por contribuir com o desenvolvimento e sucesso de nosso cliente, cujas ambições já o tornaram uma das armadoras líderes no mundo”

A MSC ainda anunciou que o MSC Meraviglia será inaugurado no porto de Le Havre, no Norte da França.

“Estar presente no estaleiro STX France para a cerimônia da moeda pela 11ª vez reflete os fortes laços com a França, país onde todos os navios da nossa atual frota foram construídos. Isso faz da MSC Crociere, em termos de exportação de contratos, a investidora estrangeira número um na França – com mais de 8 bilhões euros investidos nesse período – e uma das maiores globalmente. Por esta razão, tenho o orgulho de anunciar que o MSC Meraviglia não poderia ser batizado em outro lugar além da França, no belíssimo porto de Le Havre, patrimônio da UNESCO, em 1º de junho de 2017”, completa Vago.

Sobre a classe Meraviglia Plus
Segundo a MSC, os navios da classe Meraviglia Plus foram pensados para todas as estações. Com seus 331 metros de comprimento e 200 cabines adicionais, os dois navios terão capacidade para quase 6.300 hóspedes. A companhia defende que as embarcações terão a "possibilidade de passar por todos os portos do mundo, para oferecer aos hóspedes mais opções de roteiros e destinos", sem entrar em detalhes.

Ainda segundo a MSC, as áreas comuns são "únicas e repletas de lojas, restaurantes e locais tranquilos para comprar, comer, relaxar e socializar". Cada um terá uma promenade interna com 111 metros de comprimento, e tela de LED medindo 95 por 6 metros posicionada no teto, simulando cenas celestiais e atmosferas diferentes.

Salão que será palco dos shows do Cirque du Soléil.
Os navios, assim como os dois primeiros navios da classe, serão parte da parceria com o Cirque du Soleil, que visa oferecer espetáculos de nível mundial e exclusivos para a MSC em espaços especialmente projetados para jantares com shows. Os primeiros museus de arte contemporânea e clássica darão, segundo a companhia, "aos viajantes a oportunidade de explorar a cultura do mundo não apenas por meio dos variados e ricos itinerários, mas também a bordo, com obras-primas de todo o planeta, reunidas em colaboração com centros culturais internacionais, museus clássicos e modernos, bem como instituições públicas e privadas".  

As duas embarcações custarão 1.6 bilhão de euros, o que significa um investimento total nos dois navios Meraviglia e dois navios Meraviglia Plus de 3 bilhões de euros.

Performance da companhia em 2015
Em uma coletiva de imprensa que aconteceu após a cerimônia, o CEO da MSC, Gianni Onorato, afirmou: “Em 2015, a MSC Cruzeiros encerrou mais um ano marcado pelo crescimento sem precedentes, com aumento de 10% em vendas ano após ano e 1.7 milhão de hóspedes que viajaram a bordo de um dos 12 ultramodernos navios da companhia. Nos principais mercados, como Itália, Alemanha, Espanha e França, as taxas de crescimento mais altas em relação ao mercado resultaram em maior participação no market share”.

“Para 2016, estimamos um crescimento adicional de 6% ao ano”, concluiu Onorato.

Texto (©) Copyright MSC (adaptado).
Imagens (©) Copyright MSC e STX.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara