MSC se queixa de infraestrutura no Rio de Janeiro em dia de 11 navios

|

MSC marca presença no Rio de Janeiro
A MSC enviou ontem à imprensa uma nota em que lamenta o plano de logística do Píer Mauá, terminal de cruzeiros do Rio de Janeiro. A instalação recebeu durante o dia de hoje 11 navios de cruzeiro, entre eles o MSC Lirica, que realizou operação de embarque. A companhia italiana se queixa da posição designada ao navio pelo terminal. 

O Rio de Janeiro recebeu 11 navios de cruzeiro neste dia 7. O porto da cidade, no entanto, comporta apenas um número limitado de navios, especialmente na região do terminal de cruzeiros Píer Mauá, que está localizado às margens da Praça Mauá, no fim da Av. Rio Branco.

MSC Lirica atracado no Píer Mauá (foto de arquivo)
Não foi possível atracar os 11 navios simultaneamente, apenas nove conseguiram atracar ao mesmo tempo, enquanto um 10° navio ficou fundeado na Baía de Guanabara, transportando seus passageiros através de tenders. O último navio que visitou a cidade hoje, chegou no começo da noite, após a saída de outras três embarcações. Os navios atracados foram o Costa Pacifica, o MSC Poesia, o Celebrity Infinity, o Maasdam, o Ocean Dream, o Balmoral, o Sovereign, o MSC Lirica e o Silver Spirit. Os navios são operados, respectivamente, pela Costa Crociere, a MSC Crociere, a Celebrity Cruises, a Holland America Line, a Peace Boat Organization, a Fred. Olsen Cruise Line, a Pullmantur, a MSC e a SilverSea.

O The World, da ResidenSea, permaneceu fundeado na Baía de Guanabara durante a tarde, desembarcando seus passageiros por tenders. Já o Asuka II, da NYK Line, chegou apenas no começo da noite.

Ocean Dream atracado no Rio de Janeiro hoje. Ao fundo, popa do
Celebrity Infinity. 
Devido ao cais acostável limitado do porto, no entanto, a maior parte destes navios, ficou distante das instalações do terminal. O fato causou indignação especialmente na MSC Crociere, que teve dois navios entre os 11. Um deles, o MSC Lirica realizou embarque e desembarque de passageiros no Píer Mauá, em meio a movimentação recorde.

Como a MSC explica na nota a seguir, o navio acabou atracando em posição distante do terminal, o que, segundo a companhia prejudica a operação. Confira a nota da companhia na íntegra a baixo:

"A MSC Cruzeiros informa que, durante a temporada 2015/2016 na América do Sul, entre os meses de novembro de 2015 a março de 2016, o porto do Rio de Janeiro está recebendo os navios MSC Lirica e MSC Poesia, proveniente da Argentina. Com a maior operação entre as companhias marítimas, a MSC tem atendido o público carioca e de outras regiões com o renovado MSC Lirica, tendo o Porto do Rio de Janeiro como seu homeport e realizará, ao todo, 14 saídas deste porto durante a temporada 15/16, transportando um total de 37.506 hóspedes, em itinerários rumo ao nordeste do Brasil e aos países vizinhos, Argentina e Uruguai.

Com o objetivo de realizar o melhor planejamento possível para a temporada em curso, a armadora apresentou sua programação de escalas ao Pier Mauá no início de 2014, com significativa antecedência em relação às demais empresas de cruzeiros. Seis meses atrás, ao receber a informação de que haveria 11 navios no porto para os embarques de Carnaval no dia 07/02/16, a MSC Cruzeiros manifestou suas preocupações e lhe foi reassegurado que não haveria quaisquer problemas.

Nove navios atracados no porto do Rio. O MSC Lirica foi o penúltimo da "fila".
O Píer Mauá e seus terminais localiza-se na direita da foto. 
Em 26 de janeiro de 2016, a companhia recebeu a programação de atracação, na qual o MSC Lirica estava posicionado próximo ao terminal de passageiros, de modo a facilitar o desembarque dos 2.400 hóspedes, suas bagagens, e facilitar o processo de embarque dos novos passageiros no cruzeiro de Carnaval. No entanto, no dia 03 de fevereiro, este plano de atracação foi arbitrariamente alterado para favorecer um navio que vem ao Brasil apenas para o Carnaval e que não tem movimentação de embarque e desembarque de passageiros.

A MSC Cruzeiros lamenta esta mudança repentina, alheia à sua vontade e controle, e reitera aos seus clientes que se empenhou ao máximo para reverter esta situação, a fim de garantir o máximo conforto e segurança para seus hóspedes.


Tendo em vista que a referida alteração poderá prejudicar os procedimentos de desembarque do atual cruzeiro e embarque dos hóspedes para a saída de Carnaval do MSC Lirica, e com a impossibilidade de oferecer um serviço de qualidade, a MSC Cruzeiros informa que reavaliará todas as seus operações no porto do Rio de Janeiro."

Poderia a companhia italiana mudar de ideia quanto a temporada 2016/2017? Na temporada em questão, como anunciado recentemente, a companhia pretendia realizar embarques também no Rio de Janeiro com seu maior e mais novo navio, o MSC Preziosa (clique aqui para mais detalhes).

Texto (©) Copyright Daniel Capella e MSC.
Imagens (©) Copyright Daniel Capella e MarineTraffic.

5 comentários:

Antonio Fernando Camargo Ferraz disse...

Pelo que eu estou vendo. Eu vou ser o unico passageiro brasileiro que vai permanecer a bordo do Rhapysod ate o retorno dele no comeco de Abril do cruseiro a patagonia e fiords chilenos. Ja e o quinto ano que eu faco isso. Permanecer a bordo em um navio da Royal por mais de um mes e eu nao me arrependo .

Anônimo disse...

JA ESTAVA ME PROGRAMANDO PARA O PREZIOSA, MAS COMO DESGRAÇA POUCA É BOBAGEM,TUDO NESSE PAÍS CONSEGUE SEMPRE PIORAR MAIS UM POUQUINHO. SE NÃO AJUDA, PELO MENOS NÃO ATRAPALHA. ONDE ESTÃO OS PROJETOS DE PIER EM Y OU EM U PARA AUMENTAR A CAPACIDADE ? DEVE SER A CRISE ETERNA ESPERANDO A DIVINA PROVIDÊNCIA.

Anônimo disse...

Num ponto a MSC está correta, dá preferência aos navios estrangeiros que não embarcam e só aparecem de caju em caju. Mas penalizar os cariocas, que não têm nada com isto, retirando o Preziosa do Rio, não tem nada haver.

Anônimo disse...

Um navio do porte da classe Fantasia envolve uma grande operação para embarque,desembarque alem da logística para insumos,abastecimento e etc. Imagine se depois de tudo programado em relação aos deslocamentos e custos estimados a cia docas resolve a seu bel prazer refazer tudo.

Unknown disse...

O Rio de janeiro está uma bagunça, passei 3 vezes por este terminal nesta temporada, e vi coisas que não existe no pior porto do mundo, pessoas com deficiência, idosos, crianças.., tendo problemas de infraestrutura, um único ponto de taxi para 3, 4, 5 mil passageiros, entrando e saindo ao mesmo tempo, infelizmente temos um prefeito que visa outras coisas $$$, e esquece seus eleitores, tanto que seu candidato "bate nas mulheres". Em tempo, viajo todo ano pela MSC e não gostaria de embarcar em outro porto senão o nosso que ficará revitalizado na proxima temporada, soluções para a maravilhosa MSC, e embarcar antes do carnaval, ou algum dia que não haja dezenas de navios, que ficam a mercê do pier maua ou de quem fez a logistica absurda, dando preferência a navios que não ficam no nosso país , e só aparecem no carnaval...Um bom aprendizado e não nos desampare, pois ja fiz planos para embarcar no Preziosa, junto de alguns milhares de cruzeiristas cariocas. Att, José Alves Member Black MSC.

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara