A caminho de Hamburgo, AIDAprima faz primeira escala em Lisboa

|

Navio tem design diferenciado e proa reta
O novo navio da AIDA Cruises passou ontem pelo porto de Lisboa. Recém saído do estaleiro onde foi construído, o AIDAprima se dirige à Hamburgo, na Alemanha, onde será batizado em maio. Primeiro navio de uma nova classe, o navio foi construído no Japão, e fará roteiros no Norte da Europa durante todo o ano.
Com mais de um ano de atraso, o AIDAprima chegou à Europa nesse começo de abril. Desde que deixou o estaleiro Mitsubishi, onde foi construído no Japão, no final de março, o navio se encaminha ao porto de Hamburgo, onde será batizado e inaugurado em maio.
Novo navio da AIDA Cruises, foi encomendado pela Carnival Corporation, que controla a companhia de cruzeiros alemã, em meados de 2011. Sua entrega estava prevista, a princípio, para março de 2015. A companhia pretendia realizar uma espécia de cruzeiro de volta ao mundo para sua inauguração, com passagem por dezenas de portos, e vários países, partindo de Yokohama no Japão, e terminando em Hamburgo, na Alemanha.
O estaleiro Mitsubishi, encarregado de sua construção, no entanto, não foi capaz de cumprir o cronograma originalmente previsto, e precisou atrasar a entrega do navio, num primeiro momento, em seis meses. Agora prevista para outubro de 2015, a inauguração do navio aconteceria com uma temporada pelos Emirados Árabes - um dos principais destinos operados pela AIDA.
A companhia, entretanto, viu-se obrigada a cancelar também este plano, já que o estaleiro acabou atrasando a entrega do navio em mais seis meses. Especula-se que japoneses e alemães não chegaram a um consenso sobre os materiais usados a bordo, que segundo os segundos, seriam inferiores aos encomendados. Esse fator teria sido um dos principais causadores do atraso, além do despreparo do estaleiro, que assumiu publicamente ter subestimado a dificuldade técnica da construção de um navio de cruzeiro.

O Mitsubishi Heavy Industries já construiu navios de cruzeiro em outras ocasiões, mas nunca havia projetado um protótipo de cruzeiro, como é o caso do AIDAprima, primeiro navio de uma classe denominada Hyperion.
Após o segundo atraso, a AIDA decidiu não se precipitar, e deixou em aberto os planos para o período inaugural do navio, que tinha entrega então prevista para meados de abril. Pouco antes do previsto, o navio foi finalmente entregue pelo estaleiro, e seguiu para a Europa sem passageiros, fazendo paradas técnicas pelo caminho.
De Nagasaki, cidade onde está localizado o estaleiro Mitsubishi, viajou para Singapura, escalando depois em Salalah e Limassol, antes de chegar a Cádiz, na Espanha, semana passada. No último sábado, fez a última escala antes da chegada na Alemanha: Lisboa, capital portuguesa.

Lá, recebeu convidados que acompanharão o navio até Hamburgo, cidade que será seu porto-base, e onde será batizado em maio. O Portal WorldCruises.com esteve a bordo através de seu correspondente português Rui Agostinho. Veja em breve aqui, mais informações sobre o navio, e também uma prévia de seus interiores.
Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Rui Agostinho.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara