Royal Caribbean vende 51% do grupo Pullmantur

|

A Pullmantur foi comprada pela Royal Caribbean em 2006.
A Royal Caribbean anunciou hoje um acordo com a Springwater Capital para a venda de 51% do capital do grupo Pullmantur, que atualmente inclui a Pullmantur Cruceros e a CDF - Croisières de France. As empresas formarão uma joint-venture para operar as marcas que, juntas, operam quatro navios, em roteiros pelo Caribe e Europa.


Cerca de dez anos depois de adquirir controle do grupo Pullmantur, a Royal Caribbean Cruises anunciou que deixará de controlar a empresa. O grupo norte-americano de cruzeiros, segundo maior do mundo em tamanho, acordou hoje com a Springwater Capital, de Madrid, para vender 51% do capital do grupo Pullmantur.

O grupo Pulllmantur inclui atualmente as operações da Pullmantur Cruceros, e da CDF - Croisières de France. Anteriormente, incluiu também uma companhia aérea, a Pullmantur Air, um operador turístico e outros negócios. Todos estes negócios adicionais, já haviam sido vendidos em 2014 para a Springwater, um fundo de investimento privado baseado na Espanha, e que já opera outras empresas na área do Turismo.

Com o novo acordo, a Springwater passará a controlar também a divisão de cruzeiros da Pullmantur, enquanto a Royal Caribbean permanecerá com 49% do capital do negócio, que passará a ser administrado por uma joint-venture entre as duas empresas.

Um dos 747s da frota da Pullmantur Air, renomeada
Wamos Air após a venda para a Springwater. 
A Royal Caribbean permanecerá proprietária dos navios e aviões atualmente utilizados pela Pullmantur e CDF, que serão cedidos para a joint-venture através de leasing. A Royal Caribbean também fornecerá as operações marítimas através de um acordo de cooperação.

A Pullmantur atualmente opera dois navios de cruzeiro - o Monarch e o Sovereign, enquanto a CDF - Croisières de France opera outros dois - Zenith e Horizon. Após o fechamento de seu escritório brasileiro, a empresa passou a atuar exclusivamente no Caribe e Europa, com sede compartilhada entre o Panamá e Madrid, na Espanha.

Fundada no fim dos anos 90, e anteriormente propriedade do grupo Marsans, a Pullmantur foi adquirida pelo grupo Royal Caribbean em 2006.

A joint-venture deve ser finalizada até o final desse ano, e é vista pela Royal Caribbean como a solução para os problemas apresentados pela Pullmantur em sua história recente. Há alguns anos, a companhia vem apresentando perdas contábeis que prejudicam o lucro de todo o grupo Royal Caribbean (que inclui a Royal Caribbean International, a Celebrity Cruises, a Azamara Club Cruises e outras duas joint-ventures, a SkySea Cruises (com a chinesa CTrip) e a TUI Cruises (com a alemã TUI Ag)).

No comunicado em que anunciou a venda, a Royal Caribbean ainda afirmou que a venda tem como objetivo levar uma "experiência culturalmente autêntica, uma experiência de cruzeiro de alto nível especialmente voltada ao turista francês e espanhol, através da nova administração" das empresas.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Daniel Capella e Pullmantur. 

1 Comentário:

Anônimo disse...

Com essa, serão mesmo 3 navios na temporada.

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara