Navios de cruzeiro recebem avaliações positivas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária

|

Cozinha de um dos navios que atendeu o público brasileiro
durante a última temporada.
As dez embarcações que estiveram no Brasil durante a temporada 2015/2016 foram bem avaliados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no que diz respeito às suas condições sanitárias e de higiene. Todas as embarcações receberam notas padrão A ou B, as duas mais altas possíveis, em avaliações feitas entre novembro de 2015 e janeiro deste ano. 

Os resultados da fiscalização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária em navios de Cruzeiros Marítimos revelaram nota Padrão A e B nas dez embarcações presentes no Brasil durante a última temporada, a 2015/2016. Os navios foram avaliados entre novembro de 2015 e janeiro deste ano e atenderam a mais de 92% dos itens do roteiro de inspeção da Anvisa.

O resultado foi recebido com muito entusiasmo pela CLIA ABREMAR BRASIL (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), que, segundo a mesma, tem como interesse, juntamente a suas associadas armadoras de navios, "proporcionar navios saudáveis, com grau máximo de segurança, e viagens inesquecíveis". Para manter seus altos padrões e qualificação, as companhias armadoras cuidam de todas as preocupações sanitárias: os navios possuem sistemas complexos de tratamento de água, descarte e reciclagem de lixo, tratamento de efluentes, segurança ambiental, além de sistemas eficazes de controle alimentar e certificações que atestam sua alta qualidade.

Durante a temporada brasileira, áreas técnicas dos navios
 são avaliadas pela Anvisa regularmente. 
Todos os Cruzeiros Marítimos que chegam ao País, desde a primeira temporada (2004), obedecem a rígidas regras, controles e imposições determinadas por organismos internacionais, como o International Maritime Organization (IMO), com sede em Londres (UK), e o Centers for Disease Control and Prevention (CDC), em Atlanta (USA), que mantém programas de controle médico e sanitário dirigido a passageiros de navios.

Além disso, a Anvisa inspeciona todos os navios de cruzeiros desde quando entram em território nacional até a sua saída do país. Fiscaliza anormalidades clínicas e condições de todos os serviços e efetua reinspeções para verificar o cumprimento de medidas sanitárias consideradas indispensáveis para garantir a segurança da operação. A Anvisa comunica imediatamente, quando necessário, à autoridade sanitária do destino da escala qualquer suspeita ou evidência de evento de saúde pública.

Texto (©) Copyright (adaptado) Clia Abremar Brasil.
Imagens (©) Copyright Daniel Capella. 

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara