Abremar participa de encontro de feiras e eventos no Rio de Janeiro

|

Uma das salas de convenção a bordo do Sovereign, da Pullmantur. 
A Clia Abremar Brasil participou no fim do mês passado do ESFE - Encontro do Setor de Feiras e Eventos. Pela primeira vez no Rio de Janeiro, o evento reuniu profissionais do setor e contou com a presença da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, que apresentou as vantagens dos eventos a bordo e o relacionamento dos cruzeiros com o Rio. 


No último dia 30, a CLIA ABREMAR BRASIL (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos) participou da primeira edição carioca do Encontro do Setor de Feiras e Eventos (ESFE).

Promovido pelo Grupo Radar de Comunicação, o evento, que ocorre há mais de 10 anos em São Paulo, reuniu líderes do setor para debater o crescimento do Turismo de Negócios no país.

O encontro apresentou dois painéis que, norteados pelos assuntos relacionamento, geração de negócios e conteúdo para feiras e eventos, debateu os temas Feiras e M.I.C.E. O foco central foram as projeções para o Rio de Janeiro até o ano de 2020.

Porto do Rio de Janeiro
Presente no painel M.I.C.E., Marco Ferraz, presidente da CLIA ABREMAR BRASIL, salientou que o estado do Rio de Janeiro é o maior destino de cruzeiros marítimos e os navios visitam cinco cidades: Búzios, Cabo Frio, Angra dos Reis, Ilha Grande e a capital. “Muitos eventos que acontecem a bordo têm como destino o Rio de Janeiro e cada uma das escalas gera um impacto de R$ 438 por cruzeirista para o município. O Rio poderia ser um grande homeport e receber ainda mais eventos em navios e turistas que desejam conhecer ou retornar à essa maravilha, mas os custos têm dificultado muito a operação das companhias marítimas por aqui”, lamentou.

Marco também lembrou das vantagens de realizar um evento ou convenção a bordo dos navios de cruzeiro.

Os navios possuem modernos centros de convenções, salas de reunião, recursos de informática, aparelhos de áudio e vídeo de última geração. “Um evento em um navio é algo diferente, inusitado, que reforça positivamente a marca de uma empresa ou um produto. O ambiente é sempre alegre e proporciona uma convivência mais íntima entre os participantes”, destaca Marco Ferraz.

Outra vantagem é que a absorção das informações transmitidas durante o evento é cerca de 40% maior, já que os participantes estão muito mais envolvidos com a programação. Os roteiros mais curtos, de 3 a 5 noites, podem adequar-se ao público e toda a infraestrutura de um navio pode comportar um grande número de pessoas.

Texto (©) Copyright Clia Abremar. 
Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara