Caribe Lendário com o Monarch - 1

|

A Pullmantur iniciou nessa semana a temporada do seu novo cruzeiro "Caribe Lendário". O novo roteiro, o cruzeiro é operado pelo Monarch, o mais recente navio na frota da companhia espanhola. A embarcação tem capacidade para cerca de 2,500 passageiros, e diferenciais como parede de escalada e o sistema tudo incluído.

Novidade da Pullmantur para esta temporada, o primeiro cruzeiro "Caribe Lendário", da Pullmantur, partiu do porto de Cartagena neste domingo. A cidade colombiana é um dos três locais onde o passageiro pode este itinerário, que tem sete noites de duração. Os outros dois são Colón, no Panamá, e Puerto Limón, na Costa Rica.

Cabine externa de luxo, no deck 8
Realizada pelo flagship da frota, o Monarch, a viagem visita um total de cinco portos (contando com o de embarque), em cinco países diferentes: Jamaica, Ilhas Cayman, Panamá, Costa Rica e Colômbia. Além dos passageiros colombianos, costa riquenhos e panamenhos, a Pullmantur tem a intenção de atrair os passageiros brasileiros para este roteiro.

Isso porque nenhum dos países visitados pela viagem exige visto para o viajante brasileiro que tem voôs regulares desde aeroportos brasileiros para Cartagena com a Avianca e a Copa Airlines, por exemplo. Outro atrativo para o passageiro brasileiro é o sistema tudo incluído, que voltou a ser padrão na frota da Pullmantur este ano, e assim, naturalmente está também presente a bordo do Monarch.

Após chegar a Cartagena via Bogotá, embarcamos no Monarch neste domingo para acompanhar a viagem inaugural do roteiro, que acontece até meados de abril do próximo ano. Nesta primeira matéria sobre a viagem, conheça melhor o navio que protagoniza o roteiro.

Sobre o Monarch
Operando pela Pullmantur desde 2013, o Monarch é o flagship, ou seja, o navio símbolo, da frota da companhia espanhola. Construído pelo estaleiro francês Chantiers de l'Atlantique sob encomenda da Royal Caribbean International, é parte classe Sovereign.

Com capacidade para cerca de 2,500 passageiros, possui os interiores divididos de forma muito particular. Para evitar transtorno para os passageiros que desejam descansar e relaxar, o navio foi projetado de forma a dividir quase completamente as cabines das áreas públicas. Assim, a grande maioria das acomodações ocupa a parte frontal da embarcação, enquanto quase todas as áreas públicas ficam na parte traseira do navio.

Entre as áreas públicas, destaque para o bar 360°, que ocupa o Viking Crown - a área envidraçada, panorâmica e arredondada do navio, a baixo da chaminé. A atração tem paredes de vidro, é o ponto público mais alto do navio e serve tanto como bar como lounge de observação.

Área do The Waves Yatch Club
Outro destaque é o The Waves Yatch Club, descrito pela companhia como um ambiente "de estilo club de praia completo, com solário, serviço de bar e meno de aperitivos". A área é acessível apenas para alguns dos passageiros do navio e conta ainda com serviços exclusivos, que vão desde um cardápio diferenciado para drinks e bebidas (incluídas nos pacotes tudo incluído), até acesso gratuíto à internet Wi-Fi.

Para entrar aqui e poder usufruir destes serviços adicionais, o passageiro precisa ter o passe Waves, que é parte do pacote para quem viaja nas suites do Monarch, e que pode ser adquirido separadamente pelos passageiros das cabines externas de luxo.

Introduzido com o Monarch, e amplamente aprovado pelo público da companhia espanhola, o conceito será incorporado em todos os navios da frota futuramente.

O navio conta ainda com lojas - que vendem desde souveniers à jóias e relógios de luxo, um casino, diversos bares e lounges, teatro em dois andares duas piscinas, parede de escalada, academia e spa, clube noturno, quatro restaurantes, biblioteca, centro de conferências e outros.

Átrio central
Com aproximadamente 80,000 toneladas de deslocamento, o Monarch foi introduzido no começo da década de 90. Nesta época, junto a seus gêmeos, foi o maior navio de cruzeiros do mundo. Um dos precursores da era dos mega-navios, introduziu no mercado diversas tendências como o grande átrio com vão aberto de vários andares, que foi adotado amplamente em diversos outros navios - inclusive de companhias concorrentes, e surgiu pela primeira vez na classe Sovereign.

Hoje, conta com o sistema tudo incluído da Pullmantur, no qual o passageiro tem, não só as refeições incluídas na tarifa do cruzeiro, mas também a maior parte das bebidas servidas nos restaurantes e bares. O tudo incluído básico, comum a todos os passageiros a bordo, só não incluí opções premium, como drinks especiais e destilados top de linha. Entretanto, a companhia oferece duas opções adicionais de tudo incluído, que podem ser adquiridas por qualquer passageiro, e que incluem, no caso do Total Pack, todas bebidas dos cardápios.

Texto e Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara