Carnival receberá novo navio da P&O Australia, que operará o Carnival Splendor

|

Carnival Splendor
A Carnival Corporation anunciou hoje uma importante mudança no futuro de duas de suas marcas, a P&O Australia e a Carnival Cruise Line. O novo navio da P&O, que seria inaugurado em 2019, será operado agora pela Carnival, que irá transferir o Carnival Splendor para a frota da companhia australiana neste mesmo ano. 

O grupo Carnival anunciou hoje uma mudança de navios em duas das marcas que administra. Encomendado para a P&O Cruises Australia no final do ano passado, o navio da classe Vista com inauguração prevista para 2019 será agora operado pela Carnival Cruise Line (CCL). Em contrapartida, o Carnival Splendor, operado pela CCL será transferido para a P&O Australia no final de 2019. 

Encomendado junto ao estaleiro italiano Fincantieri, o novo navio ainda não tinha sido batizado, e operaria roteiros para a Nova Zelândia e Pacífico Sul a partir de Sydney e outros portos australianos. Seria o primeiro navio a ser construído especificamente para a P&O Australia, criado a partir de uma adaptação dos projetos da classe Vista. Essa, por sua vez, é uma adaptação da classe Dream, que incorpora novos elementos e é maior em tamanho que sua predecessora. 

Carnival Vista
Tanto a classe Dream como a classe Vista são operadas pela Carnival Cruise Line - a marca americana do grupo Carnival especializada em cruzeiros pelo Caribe (a exceção é o Costa Diadema, um híbrido da classe Vista e Dream que opera para a Costa Crociere no Mediterrâneo). Assim, a Carnival Corp decidiu que quando inaugurado em 2019, este novo navio será também operado pela CCL a partir dos EUA, juntando-se a seus gêmeos Carnival Vista (2016) e Carnival Horizon (2018). 

Enquanto isso, a P&O Australia receberá o Carnival Splendor, um dos vinte e cinco navios da frota atual da Carnival Cruise Line. Inaugurado em 2008, o navio é único na frota e faz parte da classe Concordia - navios projetados para a italiana Costa Crociere, a partir do projeto da classe Destiny. O Splendor também havia sido planejado para a companhia europeia, mas foi transferido para a Carnival enquanto ainda estava em construção. 

Com 114 mil toneladas e capacidade para cerca de 3,000 passageiros (em ocupação dupla), o Carnival Splendor é significantemente menor que o navio da classe Vista, que deslocará aproximadamente 135 mil toneladas e terá capacidade para mais de 3,700 passageiros (em ocupação dupla). Segundo Sture Myrmell, presidente da P&O Australia, esse foi um dos principais motivos para a troca de navios entre as marcas. Isso porque, ainda segundo ele, a Austrália ainda não tem infraestrutura necessária para acomodar navios do porte da classe Vista. 

Frota da P&O Australia após a última ampliação
Outra preocupação da companhia australiana foi com o crescimento sustentável da marca. A P&O Australia acrescentou dois navios à sua frota no final do ano passado, e receberá mais uma no próximo ano. Os três navios se somam a uma frota de três navios, todos com capacidade para mais de 2,000 pessoas. Com o Carnival Splendor, a companhia terá duplicado sua oferta em um período de quatro anos.

Com roteiros a partir de Los Angeles, o Carnival Splendor será renomeado, reformado e adaptado para a marca australiana antes da mudança de companhia no final de 2019. Detalhes da transferência, da reforma e de roteiros serão anunciados em breve. 

Antes de ser confirmado na frota da P&O, o Carnival Splendor já havia sido especulado na frota da Costa Crociere. Esperava-se que a Carnival Corporation anunciasse a transferência do navio para a companhia companhia italiana, como uma forma de compensar a perda de capacidade da frota com a perda do Costa Concordia em acidente em 2012. O navio faria parte do processo de expansão da Costa na China e Ásia, onde a companhia italiana é uma das líderes de mercado desde 2006. 

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright divulgação Carnival e P&O Australia.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara