Crown Princess e Costa Fascinosa no porto de Buenos Aires, Argentina

|

O porto de Buenos Aires é um dos principais destinos para os cruzeiros na América do Sul. No final de janeiro, a capital argentina recebeu dois navios: o Costa Fascinosa e o Crown Princess, operados, respectivamente, pela italiana Costa Crociere e pela norte-americana Princess Cruises.
Costa Fascinosa navega pelo Rio da Prata pouco após deixar o porto de Buenos Aires

A "feiticeira do mar", logotipo da Princess Cruises
No último dia de janeiro, o porto de Buenos Aires recebeu dois grandes navios de cruzeiro, o Costa Fascinosa e o Crown Princess. Realizando temporada pela América do Sul, os navios são operados pela Costa Crociere e pela Princess Cruises, ambas marcas da Carnival Corporation - o maior grupo de cruzeiros do mundo. 
Fascinosa atracado
Crown Princess
Com centenas de navios em sua frota, a Carnival Corp mantém diferentes marcas para atender diferentes mercados e públicos. Enquanto o Crown Princess, por exemplo, serve um público mais internacional com foco especialmente no mercado norte-americano, o Costa Fascinosa serve mercados locais como o brasileiro e o próprio argentino. 
A Princess Cruises e a Costa Crociere também operam em diferentes nichos de mercado; a primeira é considerada uma companhia premium, com serviços e instalações mais elaboradas, voltadas a um público mais exigente. Com valores maiores, as tarifas dos cruzeiros da Princess incluem também detalhes que podem não estar incluídos em outras companhias - como sucos durante todo o dia e em todos os restaurantes. 

Ao redor do mundo, a companhia serve mercados de língua inglesa - como o norte-americano, o britânico e o australiano. Recentemente, a companhia também vem trabalhando alguns mercados na Ásia, como o chinês e japonês. Além disso, costuma receber passageiros de diversas nacionalidades, especialmente em roteiros mais longos em partes mais remotas do mundo - como no Índico. 
A Costa Crociere, por outro lado, é uma companhia padrão. Com preços mais baixos que os da Princess, oferece uma experiência mais básica, com foco no custo benefício do passageiro, no entretenimento a bordo e em sua tradição italiana. Completando 70 anos em 2018, a Costa serve três mercados principais: o europeu, o chinês e o sul-americano. 
Nesse contexto, os navios se encontraram em Buenos Aires em roteiros diferentes; o Fascinosa realizava o primeiro temático CostaClub, um cruzeiro de oito noites a partir do porto de Santos, no Brasil. Além de Buenos Aires, a viagem passou apenas por Montevideo, no Uruguai, e incluiu também quatro dias de navegação. 
Já o Crown Princess realizava um roteiro mais longo, de 14 noites. Partindo de Buenos Aires, a viagem terminou em Valparaíso, no Chile, após contornar o sul do continente americano. O cruzeiro incluiu escalas na Argentina, Uruguai e Chile, além de navegação pelos fiordes da região e passagem pelo Cabo Horn.
Texto e Imagens (©) Copyright Daniel Capella.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara