Legend of the Seas deixa frota da Royal Caribbean International

|

Vision of the Seas, em primeiro plano, com Legend of the Seas na direita
e Queen Elizabeth 2 ao fundo
O Legend of the Seas iniciou seu último cruzeiro pela Royal Caribbean International no último dia 13, de Dubai. Vendido para a Thomson Cruises, do Reino Unido, o navio é o único gêmeo do ex-Splendour of the Seas e integra a classe Vision - que originalmente tinha seis navios. Curiosamente, a última partida do navio coincidiu com uma escala de seu companheiro de frota Vision of the Seas.

O Legend of the Seas está encerrando seu ciclo na frota da Royal Caribbean International. Inaugurado em 1995, o navio foi o primeiro da classe Vision a ser inaugurado, e depois foi seguido por mais quatro navios semelhantes: Splendour of the Seas, Grandeur of the Seas, Enchantment of the Seas, Rhapsody of the Seas e Vision of the Seas.

Mein Schiff 3 e Vision of the Seas, que deixa Dubai pouco após o Legend
Construído na França, o Legend foi vendido pela Royal Caribbean no último mês de junho. O comprador é o grupo TUI, que operará a embarcação sob a marca Thomson Cruises, uma de suas filiais no Reino Unido. Lá, o Legend se unirá ao ex-Splendour of the Seas, seu único gêmeo idêntico, que navega na companhia como TUI Discovery desde o ano passado. O novo nome do Legend será TUI Discovery 2.

Atualmente navegando rumo a Europa, o Legend iniciou seu último cruzeiro pela Royal Caribbean no último dia 13. Partiu de Dubai em um posicional de 13 noites rumo a Barcelona, onde desembarcará seus últimos passageiros com esse nome, e será também entregue ao Grupo TUI. No dia 13, além do Legend, o Vision of the Seas, seu companheiro de frota, também escalou Dubai. O Mein Schiff 3, navio de outra marca do grupo TUI, também esteve na cidade dos Emirados Árabes Unidos neste dia.

A chegada em Barcelona está marcada para o dia 26 de março. O Legend tem capacidade para cerca de 2,100 passageiros e 70,000 toneladas de deslocamento. É um dos navios mais viajados da frota da Royal Caribben International, tendo navegado no Caribe, Mediterrâneo, Norte da Europa, Oriente Médio, Ásia, Canadá e Nova Inglaterra, Canal do Panamá, Alaska e Oceania.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright divulgação.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara