Marina, da Oceania Cruises, visita Cuba pela primeira vez

|

Marina passa pelo castelo El Morro, na entrada do porto de Miami
Em escala histórica, o Marina chegou pela primeira vez em Cuba no dia 9 deste mês. Ao atracar em Havana, a embarcação da Oceania Cruises tornou-se o primeiro grande navio recreativo a atracar em Havana em mais de 50 anos.  

A Oceania Cruises fez história no começo deste mês quando seu navio, Marina, entrou no terminal de cruzeiros da Sierra Maestra, em Havana, Cuba, com 1.250 hóspedes pela primeira vez. O navio se tornou o primeiro navio de cruzeiros de grande porte sem propósito educacional a navegar entre os EUA e a ilha cubana em mais de 50 anos.

Frank del Rio, cubano e CEO do grupo NCLH 
A bordo, nesse momento histórico, estavam Bob Binder, co-fundador e CEO da Oceania Cruises, e Frank Del Rio, cubano, fundador da Oceania Cruises e CEO da empresa-mãe Norwegian Cruise Line Holdings, LTD. Uma vez atracado, o Del Rio falou à imprensa internacional sobre a viagem inaugural.

O cruzeiro de 14 dias partiu de Miami em 7 de março e continuará para o México, Belize, Costa Rica, Panamá, Colômbia e Ilhas Cayman. A Oceania Cruises tem mais duas viagens para Cuba programadas para março e outras seis para este outono.

Até a escala do Marina, apenas o Adonia, da Fathom havia navegado entre a Flórida e Cuba. O navio, que é parte da Carnival Corporation, só foi autorizado pelos governos a fazer a rota por conta da vocação educativa e humanística de suas viagens. 

Texto (©) Copyright Daniel Capella¹Oceania.
Imagens (©) Copyright divulgação.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara