Ritz-Carlton anuncia entrada no mercado de cruzeiros com três yachts

|

A Ritz-Carlton Hotel Co. anunciou sua entrada no mercado de cruzeiros de luxo com uma nova cruise line. Até 2022, a rede de hotéis de luxo planeja lançar três 'yachts', cada um deles com capacidade para 298 passageiros cada.

Em parceria com executivos do setor de cruzeiros, e o fundo de capitais Oacktree Capital Management, a rede de hotéis Ritz-Carlton irá lançar uma nova cruise line no segmento de alto luxo.

Batizada de Ritz-Carlton Yacht Collection, a companhia começará a operar no último trimestre de 2019, com a inauguração do primeiro dos navios. A embarcação irá realizar cruzeiros pelo Caribe, América Latina, Norte da Europa e Mediterrâneo, mas ainda não teve os roteiros específicos anunciados. A Ritz-Carlton, no entanto, afirmou que portos famosos como Capri e Portofino, na Itália; St. Barths no Caribe; e Cartagena, na Colômbia, serão visitados.
A marina na popa do navio
O 'mega-yacht' será o primeiro de três que serão inaugurados pela nova companhia até 2022. Cada um deles terá 190 metros e capacidade para até 298 passageiros, todos acomodados em suítes com varanda. Entre estas, o destaque são duas suítes duplex, com 138 m² de área privada cada.

Com interiores projetados em parceria com o escritório Tillberg Design, da Suécia, os navios atuarão no nicho de alto luxo e terão custo de aproximadamente U$ 220 milhões cada. Entre as atrações a bordo, estão restaurantes já presentes nos hotéis Ritz-Carlton, como o Sven Elverfeld of Aqua e o Wolfburg (este último classificado com três estrelas pelo guia Michelin).

Um spa da marca Ritz-Carlton, um wine bar, e um lounge panorâmico também estão nos planos, além de grande variedade de entretenimento e eventos culturais. A nova companhia promete trazer a bordo chefs locais, artistas e músicos, para permitir que o passageiro 'mergulhe' na experiência dos destinos visitados.

O estaleiro onde as embarcações serão construídas ainda não foi revelado, mas especula-se que o estaleiro Barreras, da Espanha, seja o responsável pela tarefa. Construindo ferries e navios de conteiner, o estaleiro em questão não tem experiência na fabricação de navios de cruzeiro.

Marriott já atuou no mercado de cruzeiros
A rede Ritz-Carlton é propriedade do grupo Marriott, gigante da área de acomodações que possui mais de 30 marcas diferentes, em diferentes nichos. Nos anos 80 e 90, o grupo Marriott chegou a atuar no mercado de cruzeiros.

A empresa foi proprietária de parte significante das ações da Sun Line, tradicional companhia de cruzeiros grega, controlada pela família Keusseoglous. Em 1995, a família comprou a parte do grupo Marriott e fundiu a companhia com a Epirotiki Line para a criação da Royal Olympic Cruises.

Após inaugurar dois navios modernos (entre eles o que viria a se tornar o Grand Voyager da Ibero Cruceros, e que atuou no Brasil por vários anos), a nova companhia declarou falência em 2004.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Ritz-Carlton.

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara