Costa deve substituir Costa Mediterranea por Costa Fascinosa em 2016/2017

|

Costa Fascinosa no horizonte brasileiro? 
O Costa Fascinosa deve ser o navio dedicado ao mercado brasileiro durante a temporada 2016/2017. O navio deverá realizar os roteiros a partir do porto de Santos, substituindo o Costa Mediterranea, que antes tinha sido anunciado para estes roteiros. A partir do Rio de Janeiro e Buenos Aires, deve retornar o Costa Pacifica, como anteriormente anunciado. 


A Costa deve fazer novas mudanças em sua temporada 2016/2017 na América do Sul, trazendo dois navios da classe Concordia para a região: Costa Fascinosa e Costa Pacifica. 

A companhia italiana planejava, a princípio, ter Costa Mediterranea e Costa Pacifica na região, dedicados, respectivamente a Argentina e Brasil. Antes mesmo de iniciar as reservas nesses países, no entanto, a companhia fez a primeira mudança, dedicando o Mediterranea à Argentina, e substituindo o Pacifica pelo Costa neoRiviera nos roteiros dedicados aos brasileiros

Costa Mediterranea
Essa mudança trouxe também roteiros diferenciados com a volta dos embarques em Santos e Rio de Janeiro em roteiros para o Nordeste, que, além dos mini-cruzeiros, seriam os únicos partindo do Brasil. Enquanto isso, realizando embarques exclusivamente em Buenos Aires e Montevideo, o Mediterranea iria protagonizar o retorno da companhia à Terra do Fogo, após um hiato de quase dez anos. 

Já no mês de abril, a companhia reviu seus itinerários ao redor de todo o mundo, e mudou novamente a temporada na América do Sul, retornando aos navios que teria inicialmente na região: Mediterranea e Pacifica. Decidiu, no entanto, voltar atrás nos planos de novos roteiros, e trocar os mercados das embarcações. Realizando roteiros semelhantes aos da temporada 2015/2016, o Costa Mediterranea ficaria responsável pelos embarques em Santos, enquanto o Costa Pacifica partiria de Buenos Aires e Rio de Janeiro. 

Agora, no começo de junho, surgem indícios de novas mudanças para o mercado brasileiro. Nos bastidores, a troca do Costa Mediterranea pelo Costa Fascinosa é dada como certa, enquanto o próprio site da companhia já indica a mudança.  Dessa vez, no entanto, a mudança deve ser apenas de navio, não resultando em alterações, se não pontuais, nos roteiros já anunciados. 

Fascinosa deve ficar baseado em Santos
Oficialmente, a troca deve ser anunciada em breve. Enquanto o Fascinosa assume os roteiros do Mediterranea, que realizaria viagens com duração que varia entre 3 e 8 noites a partir de Santos, o Costa Pacifica segue embarcando em Buenos Aires e Rio de Janeiro para roteiros com duração variada entre 3 (apenas de Buenos Aires) e 9 noites.

Inaugurado em 2012, o Costa Fascinosa é o segundo mais novo navio da frota da companhia, e também um dos maiores, com capacidade para cerca de 3,800 passageiros. Semelhante, o Costa Pacifica foi inaugurado em 2009, e tem capacidade também para aproximadamente 3,800 passageiros.

Já o Costa Mediterranea é parte da classe Spirit, e hoje, dia 07 de junho de 2016, completa 13 anos. Com 85 mil toneladas, tem capacidade para até 2,680 passageiros.

ATUALIZAÇÃO (09/06): A Costa enviou um comunicado a agentes de viagem confirmando a mudança dos navios, como adiantado por nós. O público em geral, os passageiros que já tinham reservas efetuadas no Mediterranea, e a imprensa, no entanto, ainda não foram informados oficialmente da mudança.

Aos agentes, a companhia informou que a mudança visa oferecer o que há de melhor na frota aos passageiros sul-americanos, e que as reservas para os cruzeiros no Fascinosa serão abertas na próxima segunda-feira, dia 13 de junho. 

Otimismo e estatísticas
Uma vez confirmada, a mudança aumentará significantemente a oferta da Costa Crociere na América do Sul, mantendo-a em patamares similares aos da temporada passada, quando a companhia também operou Fascinosa e Pacifica na região. 

Ainda que os números estejam ainda bem distantes da época em que a região estava em alta, o aumento demonstra confiança nos mercados locais, que, no momento, enfrentam problemas econômicos. 

Navios Costa em casa, no porto de Savona, Itália.
Com 9,3% do market share global a Costa Crociere é a quarta maior companhia de cruzeiros do mundo, sendo superada apenas pela Carnival Cruise Line, e pela Royal Caribbean International. A terceira colocada é a MSC Crociere, que aparece quase empatada, dominando 9,9% do mercado mundial.

Desde 2012, a Costa diminuiu significantemente sua capacidade na América do Sul. No ano em questão, a companhia teve no Brasil e América do Sul 11,9% de sua oferta total de cruzeiros. Em 2016, previa que apenas 2,6% de seus cruzeiros fossem ofertados na região.

A vinda do Costa Fascinosa irá elevar os números da região, que devem chegar na casa dos 5%, assim como em 2015.

Os dados são do Annual Report da norte-americana Cruise Industry News.

Para ver mais detalhes das temporadas da Costa no Brasil desde 2012, acesse o histórico de temporadas no Brasil, em nossa página dedicada, clicando aqui. Lá, estão disponíveis também listas de todos os navios que foram dedicados ao mercado brasileiro (e argentino) desde a temporada 2007/2008.

Texto (©) Copyright Daniel Capella.
Imagens (©) Copyright Daniel Capella e Luis Filipe Jardim (Mediterranea). 

6 comentários:

Roberto F. Morenno disse...

Isso é bom demais! Costa Fascinosa é bom demais!

Anônimo disse...

Pelo tempo que estão no Brasil, já deviam saber que o brasileiro compra os cruzeiros mesmo com crise.
Essas mudanças trazem transtornos para as agencias e clientes.

Anônimo disse...

diadema agarda surprise

Anônimo disse...

diadema agarda surprise

Anônimo disse...

diadema agarda surprise de julio capucho

Roberto F. Morenno disse...

Não entendi muito bem o que o anônimo disse. Que língua é essa?

Postar um comentário

 

©2013 Design por Ray Câmara